Seja o primeiro a compartilhar

Cemitério de submarinos na Rússia pode explodir a qualquer momento

Pode parecer absurdo, mas você sabia que existem centenas de submarinos abandonados no norte da Rússia? Mais do que isso: eles estão no fundo do oceano! Há décadas, submarinos que funcionam como reatores nucleares foram abandonados no mar. Alguns deles ainda estão cheios de combustível e podem explodir a qualquer momento!

Conhecida popularmente como cemitério de submarinos, a região é chamada de Mar de Kara e funciona como uma espécie de lixão para os reatores. Porém, o problema é que é apenas uma questão de tempo até que a água alcance o urânio. Com isso, uma explosão incontrolável de radiação seria liberada no Ártico, prejudicando habitats naturais.

(Fonte: Pinterest/IB Times/Reprodução)
(Fonte: Pinterest/IB Times/Reprodução)

Cemitério de submarinos pode prejudicar todo o Oceano

Para que você tenha uma ideia do dano que poderia ser causado, a explosão radioativa seria quase 7 vezes pior do que a bomba derrubada em Hiroshima. Além disso, a explosão não seria controlada e poderia assolar milhares de quilômetros no oceano.

As primeiras preocupações surgiram em 2013, com uma reportagem da BBC. Além disso, o The Guardian também já descreveu o cemitério de submarinos como um desastre natural esperando para acontecer. Embora todos os especialistas concordem que o Mar de Kara está prestes a sofrer um acidente radiativo, não existe muito o que fazer.

(Fonte: Bellona/Reprodução)
(Fonte: Bellona/Reprodução)

Isso porque os reatores já passaram por décadas de corrosão, o que torna a exploração com outros submarinos muito perigosa. A esperança é que, com o avanço da tecnologia, submarinos mais fortes e duradouros sejam construídos e possibilitem missões de recuperação dos detritos. Porém, como já dissemos, não existem meios de saber se e quando os tanques de combustível podem explodir.

O que você achou dessa curiosidade surpreendente – e perigosa – sobre o cemitério da Rússia? Deixe seu comentário no espaço abaixo e aproveite para compartilhar o artigo nas redes sociais!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.