Gato invade casa e obriga moradores a adotá-lo

Uma gata feral ganhou a atenção da internet após ter invadido uma casa nos Estados Unidos e ter forçado os moradores a adotá-la. Segundo a publicação feito na rede social pela nova dona Payton, a felina abdicou de sua vida selvagem para poder viver no conforto de sua nova família.

Os gatos ferais são felinos nascidos e criados em meio selvagem, tendo pouco ou nenhum contato com seres humanos ao longo de suas vidas. Apesar de fazerem parte da mesma espécie, os gatos ferais possuem muito mais dificuldade de se adaptar ao estilo de vida dos gatos domésticos por nunca terem desenvolvido habilidades de socialização.

Adoção forçada

(Fonte: tchaikovsgay)
(Fonte: tchaikovsgay – Tumblr/Reprodução)

De acordo com Payton, sua nova pet simplesmente decidiu em um dia que estava cansada de viver no mundo selvagem e forçou sua entrada para dentro de casa. “Vocês conseguem acreditar que minha gata se domesticou? Isso é completamente louco. Ela nasceu em uma colônia de gatos ferais e então disse ‘que se dane, eu quero ser mimada'”, descreveu em sua publicação.

Apesar da pose de durona, a felina parece gostar bastante da vida mansa. Segundo sua dona, ela adora ser alimentada com pedaços de frango e fica miando muito alto até que alguém decida coçar sua barriguinha. 

Um estudo publicado na Nature Ecology & Evolution em 2017 aponta que os gatos viviam próximos aos seres humanos muito antes de serem domesticados. Porém, os felinos se aproximaram de fazendeiros há cerca de 8 mil anos, quando a população de ratos no mundo passou a aumentar e predadores eram necessários para conter pragas.

Domesticação de gatos ferais

(Fonte: tchaikovsgay)
(Fonte: tchaikovsgay – Tumblr/Reprodução)

Em entrevista para o Bored Panda, a especialista em comportamento e treinamento felino Molly DeVoss explicou que a domesticação de um gato feral leva tempo e paciência. Através de seus anos de estudos, DeVoss descobriu que os gatos selvagens vão desenvolvendo confiança nos seres humanos conforme eles não detectam qualquer tipo de ameaça.

“Eles aprendem que uma pessoa alimentando-os é confiável, previsível, e não vai machucá-los”, explicou. Segundo a pesquisadora, a maioria das pessoas confunde a definição de gatos ferais com gatos da vizinhança, quando estes são apenas felinos que moram bela vizinhança e procuram um novo lar onde encontrarão melhor alimentação.

Por mais que os gatos selvagens não estejam habituados ao contato humano, a etapa de socialização é viável e faz parte da história de como esses bichanos se tornaram um dos animais domésticos mais populares no mundo.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.