4 reuniões do Zoom que deram muito errado

Desde o começo da pandemia do novo coronavírus, muitas empresas e instituições têm optado por realizar videoconferências no aplicativo Zoom como uma forma de evitar aglomerações entre seus afiliados. Entretanto, o mundo do home office pode ser um verdadeiro desafio para algumas pessoas e proporcionar situações inusitadas.

Por isso, nós criamos essa lista com quatro casos de reuniões do Zoom que deram completamente errado. Confere aí!

1. Bolsonaro e o peladão da Fiesp

Em junho de 2020, o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, teve uma surpresa ao entrar em uma chamada de vídeo organizada pelo empresário e presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf. Durante a reunião, um dos membros do conselho da Fiesp acabou aparecendo completamente nu na webcam após sair do banho.

Constrangido com o fato, o líder político fez um pedido para o ministro Paulo Guedes. “Dá uma parada aí, Paulo. Ô, Paulo, tem um colega do último quadrinho ali que tá…”

2. Chapados em horário de aula

(Fonte: Pixabay)
(Fonte: Pixabay)

Ter que lidar com as aulas online pode ser um grande desafio para alguns pais. No caso dessa família da Flórida, nos Estados Unidos, a situação não foi muito diferente. Enquanto esperavam pela primeira aula virtual de seu filho, os pais de uma criança da Escola Primária de Boca Raton apareceram distraídos no vídeo apenas usando as roupas de baixo e fumando maconha. 

“Pais, enquanto vocês estiverem ajudando seus filhos no computador, por favor não apareçam ao fundo fumando grandes baseados ou cigarros”, advertiu a professora Edith Pride. Que situação, hein? 

3. Topless da senadora

(Fonte: Zoom/Reprodução)
(Fonte: Zoom/Reprodução)

Maio de 2020 foi um mês marcante para a senadora mexicana Martha Lucía Mícher, mas não de uma maneira positiva. Sem perceber que a sua câmera estava sendo transmitida, a congressista apareceu com os seios ao vento enquanto trocava de roupa.

Martha logo foi alertada da gafe e pediu desculpas aos seus colegas, porém disse não ter vergonha. “Sou uma mulher de 66 anos que amamentou quatro filhos e tenho orgulho de todos eles”, declarou posteriormente em seu twitter.

4. Amor ao vivo

(Fonte: Zoom/Reprodução)
(Fonte: Zoom/Reprodução)

O oficial do governo das Filipinas Jesus Estil acabou ficando sem o seu emprego após ser flagrado fazendo sexo com a sua tesoureira durante uma conferência do Zoom. Durante a reunião sobre a pandemia, Estil e Fátima Dos Village Council transmitiram suas relações sexuais achando que não estavam sendo filmados.

O caso pegou tão mal que ambos tiveram que pedir demissão após o ocorrido.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.