Seja o primeiro a compartilhar

Descubra 5 lugares no mundo com superpopulação de gatos

A maioria do planeta foi colonizada pelos seres humanos, mas em alguns lugares, temos predominância de outras espécies. E os gatos não poderiam ficar de fora dessa! Alguns lugares que foram dominados pelos felinos e se tornaram pontos turísticos ideais para os amantes dos bichanos.

Confira 5 lugares no mundo com superpopulação de gatos:

Ilha dos Gatos, em Aoshima, Japão

(Fonte: Editora JBC/Reprodução)
(Fonte: Editora JBC/Reprodução)

A região de Aoshima já ficou conhecida popularmente como Ilha dos Gatos. No local, existem 6 felinos para cada humano residente! No total, são cerca de 120 gatos em uma ilha com pouco mais de 1km de extensão.

Santuário de Gatos, Grécia

(Fonte: God's Little People Cat Rescue/Reprodução)
(Fonte: God’s Little People Cat Rescue/Reprodução)

Na região de Syros, na Grécia, um santuário de gatos já está funcionando há anos. O centro de resgate é o lar de mais de 65 animais que foram salvos. Fundado por Joan Bowell, o objetivo do local é resgatar, curar e cuidar dos felinos da ilha.

Museu de Hemingway, Flórida, Estados Unidos

(Fonte: AFP/Reprodução)
(Fonte: AFP/Reprodução)

O museu de Hemingway, anteriormente o lar do famoso escritor americano, também é um dos lugares no mundo com superpopulação de gatos. Atualmente, cerca de 50 felinos habitam os corredores do local e são todos descendentes de Snow White, o gatinho de Hemingway!

A Vila dos Gatos, Taiwan

(Fonte: MDig/Reprodução)
(Fonte: MDig/Reprodução)

Em Taiwan, uma vila já virou ponto turístico por conta de todos os gatos que moram por lá. Em 2019, um censo revelou que cerca de 290 felinos habitavam o local! Eles começaram a conquistar o seu território em 1920, quando os humanos passaram a migrar para outros lugares com mais ofertas de emprego. Enquanto a população humana não aumentava, a de gatos cresceu exponencialmente.

Colônia Felina, Roma, Itália

(Fonte: Colonia Felina di Torre Argentina/Reprodução)
(Fonte: Colonia Felina di Torre Argentina/Reprodução)

A região de Largo di Torre Argentina, na Itália, é conhecida mundialmente como o local onde o imperador Júlio César foi assassinado. Os felinos foram atraídos ao local e transformaram o santuário em uma espécie de abrigo. Atualmente, acredita-se que cerca de 250 gatos ainda vagam pela área.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.