Seja o primeiro a compartilhar

Escritórios no tamanho de cabines telefônicas surgem no Japão

Antes da pandemia, escritórios compartilhados e conhecidos popularmente como espaços de coworking foram tendência entre empreendedores. Agora, com o avanço da infecções por coronavírus, uma das soluções encontradas para atender essa demanda foi a construção de escritórios individuais e com o tamanho de cabines telefônicas. A invenção já foi vista em diferentes regiões do Japão.

Os protótipos foram anunciados pela 1ª vez em 2019, pela empresa Mitsubishi Estate em parceria com a Okamura, V-Cube e Telecube. Os dispositivos foram testados em 2018 e, até 2023, espera-se que mil cabines estejam espalhadas pelo país. Até o momento, 100 já foram instaladas em lojas, estações de trem e aeroportos.

Conheça os escritórios no tamanho de cabines telefônicas

Conhecidas também como cápsulas de trabalho, as cabines contam com pouco mais de 1 metro quadrado e são equipadas com isolamento acústico, cadeira, mesa e tomadas elétricas. Um sistema de ventilação também foi instalado para reduzir as chances de contaminação pelo coronavírus.

Além disso, existem duas versões dos escritórios: uma individual e uma que comporta até duas pessoas para encontros de negócios.

Os usuários devem alugar o espaço por 250 ienes (cerca de R$ 10) para 15 minutos de uso. No caso de empresas, é possível realizar um plano de assinatura corporativa.

(Fonte: Telecube/Divulgação)
(Fonte: Telecube/Divulgação)

Um objetivo do escritório é resolver imprevistos do trabalho. Ou seja, quem estiver fora do horário, mas precisar resolver alguma emergência, poderá encontrar uma cabine e resolver o problema imediatamente. Logo, as cápsulas otimizam o tempo e ajudam os profissionais.

Ainda não há previsão de instalação das cabines de trabalho em lugares fora do Japão, mas a ideia deve se popularizar entre outras empresas. 

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.

Comentários

Você já percebeu que passamos por algumas mudanças por aqui, né? Uma delas é melhorar também o nosso campo de comentários - e nada melhor do que você, nosso leitor, para nos ajudar e garantir que a gente esteja no caminho certo. Substituímos temporariamente nossos comentários por uma pesquisa rápida para implementarmos mais uma melhoria. Como você acredita que nossa interação pode ser mais próxima aqui?

CLIQUE AQUI PARA RESPONDER