103
Compartilhamentos

'Maior pirarucu do mundo' é capturado no Amazonas

Um pirarucu gigante, com quase 3 metros de comprimento e pesando mais de 200 kg, foi capturado no estado do Amazonas. O peixe grandioso, cuja idade estimada é de 30 anos, deverá ser exposto ao público em breve, após a realização da sua taxonomia, para provar que não se trata de uma história de pescador.

O “maior pirarucu do mundo” foi pescado em novembro de 2020, mas só teve a sua existência revelada na última terça-feira (15), após ser descoberto em um frigorífico de Manaus. De acordo com o site BNC Amazonas, a sua captura ocorreu na ilha de Mameloca, em Japurá, que fica a 747 km de distância da capital amazonense.

As dimensões do peixe capturado por ribeirinhos impressionam. São 2,9 metros de comprimento e 220 kg, sem as vísceras, enquanto a cabeça mede 69 centímetros. A nadadeira peitoral tem 40 centímetros de comprimento por 30 centímetros de largura, a nadadeira caudal tem 75 centímetros e as suas escamas podem chegar a 12 centímetros.

(Fonte: BNC Amazonas/Reprodução)(Fonte: BNC Amazonas/Reprodução)

Cedido pelos pescadores à Secretaria de Produção Rural do Amazonas (Sepror), o peixe gigante exige uma estrutura enorme para ser armazenado e transportado. No caso do transporte, é preciso reunir pelo menos seis homens para superar as dificuldades e carregá-lo com segurança.

A importância da pesca de manejo

Uma espécie bastante antiga, que chegou a conviver com os dinossauros, o gigante pré-histórico, como ele também é conhecido, corria risco de extinção. Por causa disso, a pesca do pirarucu foi proibida, mas uma técnica utilizada no Amazonas tem contribuído para que ele volte a povoar os rios da região Norte.

Trata-se da pesca de manejo, que ajudou a tirá-lo do risco de extinção nas áreas em que é aplicada, aumentando os cardumes e o tamanho dos animais. A técnica permite a pesca em períodos específicos, fora da época de reprodução, determinando a quantidade para cada pescador e tamanhos mínimos de captura, preservando os mais jovens.

(Fonte: BNC Amazonas/Reprodução)(Fonte: BNC Amazonas/Reprodução)

Segundo o engenheiro de pesca Renilton Solarth, especialista em manejos de pesca, o exemplar gigante capturado recentemente é uma prova de que a técnica funciona. Por isso, o governo do estado busca parcerias para empalhar o “maior pirarucu do mundo” e fazer uma exposição aberta ao público.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.