Os 8 medalhistas mais jovens da história das Olimpíadas

As Olimpíadas fazem parte de um tipo de competição que abre portas para a diversidade, sobretudo quando o assunto é a grande gama de gerações que participam das competições. Por exemplo, o velejador Robert Scheidt e a futebolista Formiga, ambos brasileiros e na sétima participação nos Jogos Olímpicos, possuem 48 e 43 anos, respectivamente. 

E se o pessoal que já ultrapassou a casa dos 40 anos continua participando, também existem diversos atletas com idade inferior aos 18 anos. Pensando nisso, nós separamos uma lista com os oito atletas mais novos a conquistar uma medalha na história das Olimpíadas. Fica de olho!

8. Rayssa Leal - 13 anos e 204 dias

(Fonte: Wikimedia Commons)(Fonte: Wikimedia Commons)

A skatista Rayssa Leal, também conhecida como "Fadinha", conquistou a admiração de milhões de torcedores ao superar diversas adversárias de altíssimo nível para conquistar a medalha de prata em Tóquio 2020. Com um carisma inacreditável e um sorrisão no rosto, a brasileira entrou para a história da competição.

7. Dorothy Poynton-Hill - 13 anos e 23 dias

(Fonte: Wikimedia Commons)(Fonte: Wikimedia Commons)

Detentora de quatro medalhas olímpicas, a norte-americana Dorothy Poynton-Hill competiu em provas de saltos ornamentais nos Jogos Olímpicos de Amsterdã, em 1928. Apesar de ter acabado de completar 13 anos, ela ficou em segundo lugar no trampolim de 3 metros. Na época, ela chegou a ser a medalhista mais jovem de todos os tempos.

6. Carla Marangoni - 12 anos e 269 dias

(Fonte: Internet/Reprodução)(Fonte: Internet/Reprodução)

O recorde de Poynton-Hill não durou muito tempo em 1928, visto que dias depois a italiana Carla Marangoni, de apenas 12 anos, acabou conquistando uma medalha de prata na ginástica. Além de ser a atleta mais jovem a conquistar medalhas, Marangoni também se tornou a primeira mulher italiana medalhista em Amsterdã.

5. Noël Vandernotte - 12 anos e 230 dias

(Fonte: Wikimedia Commons)(Fonte: Wikimedia Commons)

Nascido em 25 de dezembro de 1923, o remador francês Noël Vandernotte fez história em Berlim 1936 ao ganhar a medalha de bronze no "quatro coxos", uma categoria de remo com quatro remadores em um mesmo barco. Desde então, Vandernotte é o medalhista francês mais novo da história.

4. Ines Vercesi - 12 anos e 216 dias

(Fonte: Internet/Reprodução)(Fonte: Internet/Reprodução)

Assim como Marangoni, Ines Vercesi também conquistou uma medalha de ginástica em Amsterdã 1928. Com apenas 63 dias de diferença entre o nascimento das duas, as italianas se colocaram em uma posição importante na história do país.

3. Inge Sorensen - 12 anos e 21 dias

(Fonte: Wikimedia Commons)(Fonte: Wikimedia Commons)

Em terceiro lugar nessa lista, a norueguesa Inge Sorensen é atualmente a mais jovem medalhista feminina na história dos Jogos Olímpicos em uma prova individual. Durante os 200 metros peito em Berlim 1936, ela acabou conquistando a medalha de prata na natação com apenas 12 anos recém-completados. 

2. Luigina Giavotti - 11 anos e 301 dias

(Fonte: Internet/Reprodução)(Fonte: Internet/Reprodução)

Para completar o trio de ginastas italianas medalhistas em 1928, Luigina Giavotti conquistou a medalha de prata com a equipe de seu país aos 11 anos de idade. Seu recorde não pode ser batido nos moldes atuais da categoria, visto que existe uma exigência para que as atletas tenham no mínimo 16 anos.

1. Dimitros Loundras - 10 anos e 216 dias

(Fonte: Internet/Reprodução)(Fonte: Internet/Reprodução)

Disputando os Jogos de Atenas em casa, em 1896, o ginasta grego Dimitros Loundras marcou seu nome na história como o medalhista mais jovem de todos os tempos. Junto com Ioannis Mitropoulos, Ioannis Chrysafis e Filippos Karvelas, Loundras conquistou a medalha de prata nas barras paralelas por equipe com apenas 10 anos.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.