Por que as Olimpíadas começam antes da cerimônia de abertura?

A cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio, que acontecerá em 2021 após o adiamento de 1 ano por causa da pandemia da covid-19, está marcada para a manhã de sexta-feira (23). O evento dura algumas horas e condensa várias apresentações culturais, incluindo danças e efeitos tecnológicos, além do desfile de todas as nações participantes.

Entretanto, quem acompanha esportes ou o noticiário tradicional já pode ter visto vitórias, até mesmo da Seleção Brasileira, nas modalidades de futebol feminino e masculino. Além disso, em 20 de julho, uma partida de softbol entre Japão e Austrália inaugurou as disputas em terras japonesas.

A Austrália já disputou partidas no softbol e futebol antes da abertura.A Austrália já disputou partidas no softbol e futebol antes da abertura.

Apesar de esquisito, o calendário de alguns esportes começar antes mesmo da cerimônia de abertura já é um fenômeno tradicional de Jogos Olímpicos — e há boas explicações para que isso aconteça mesmo antes dos desfiles e das apresentações das delegações.

Fator calendário

No geral, são vários os motivos que levam a essa alteração no calendário. Entretanto, o mais importante é que isso está relacionado à organização de algumas modalidades, que exigem muitas provas ou partidas até o momento da disputa de medalhas.

Alguns esportes coletivos, como futebol e softbol, organizam os países em uma fase de grupos antes da disputa eliminatória que culmina nos jogos finais. Para que tudo seja realizado sem pressa, ao menos a primeira rodada dessa etapa é realizada antes da cerimônia.

O softbol foi a partida inaugural de Tóquio.O softbol foi a partida inaugural de Tóquio.

O futebol costuma ser o esporte inaugural há algumas edições, mas em Tóquio coube ao softbol fazer as honras de ser a primeira modalidade. A escolha envolve vários motivos: trata-se de uma atividade bastante popular no Japão, e o próprio local é histórico — o Estádio Azuma, que fica a cerca de 70 km de distância da usina onde ocorreu o acidente nuclear de Fukushima, em 2011.

Entretanto, vale ressaltar que nenhum atleta ou país é eliminado por perder uma das partidas realizadas antes da cerimônia de abertura, além de nenhuma medalha ser distribuída. 

Perder um jogo na fase de grupos do futebol não significa o fim de chances de vitória no torneio, enquanto baterias classificatórias de atletismo e natação, por exemplo, já implicam na desqualificação dos piores tempos. Estas, porém, só ocorrem a partir de sexta-feira (23).

Ritmo intenso

Além disso, é preciso espaçar as partidas o suficiente para que os atletas que atuam durante bastante tempo ao longo de um dia tenham um período de descanso — inclusive por determinações das federações dessas modalidades. A FIFA, por exemplo, sugere 72 horas de intervalo entre jogos de uma mesma equipe.

Dessa forma, no futebol feminino, o Brasil jogou contra a China na madrugada de quarta-feira (21), horário de Brasília, e só volta a campo contra os Países Baixos na manhã de sábado (24), já após a cerimônia de abertura, e dia 27 de julho, contra a Zâmbia. Caso avance, o país ainda pode jogar as quartas de final, a semifinal e a final ou a disputa do bronze que ocorrem em 5 de agosto.

Portanto, oficialmente, os Jogos Olímpicos de Tóquio acontecem entre os dias 23 de julho e 8 de agosto de 2021.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.