Qual é a diferença entre nerd e geek? Em qual deles você se encaixa?

Pessoas "geeks", que são colecionadoras e gostam de acompanhar séries, muitas vezes se autonomeiam "nerds", mas na verdade isso está errado. O termo "nerd" não cabe a essas pessoas, pois a personalidade de um nerd é diferente.

As pessoas nerds, como está no dicionário, são crianças que desmontam e montam computadores, ligam aparelhos eletrônicos, fazem pesquisas científicas, autópsias de insetos, entre outros comportamentos típicos de pessoas curiosas e de raciocínio lógico.

Os nerds têm curiosidade nata para novas descobertas, são vistos como diferentes, mas sem interesse em realmente o ser. O diferente é algo relativo ao comportamento distinto, de precursor genético e moldado por essa curiosidade pela lógica. Não há uma intenção real em parecer diferente, nenhum pensamento sobre isso, mas simplesmente é diferente devido à própria personalidade.

Esse jeito e personalidade se demonstram de maneira não intencional, porque eles não estão interessados no que a maioria está, pelo contrário, os nerds não seguem uma moda. Vale destacar também que os nerds têm o córtex pré-frontal do cérebro bem desenvolvido e costumam tirar notas altas em testes de QI.

O que é geek?

Já esse "nerd" de hoje, na realidade, o "geek", não bate com a personalidade do nerd propriamente dito, portanto as pessoas estão fazendo o uso da palavra errada. Afinal, é raro um nerd perder tempo com séries "que não levam a nada", eles vão mais para um documentário, querem uma algo mais definido, algo que traga uma resposta concreta.

Em outras palavras, os geeks não podem ser considerados "nerds" pelo significado da palavra e pelas características. Pessoas nerds têm perfis de superdotados; portanto, está definido como um erro de interpretação e estes, como as palavras e seus significados, precisam ser levados em consideração.

***

Fabiano de Abreu Rodrigues, colunista do Mega Curioso, é doutor e mestre em Ciências da Saúde nas áreas de Psicologia e Neurociências pela EBWU na Flórida e tem o título reconhecido pela Universidade Nova de Lisboa. Mestre em Psicanálise pelo Instituto e Faculdade Gaio/Unesco; pós-graduado em Neuropsicologia pela Cognos em Portugal;  pós-graduado em Neurociência, Neurociência Aplicada à Aprendizagem, Neurociência em Comportamento, Neurolinguística e Antropologia pela Faveni do Brasil. Especialista avançado em Nutrição Clínica pela TrainingHouse em Portugal; The electrical Properties of the Neuron, Neurons and Networks, Neuroscience em Harvard nos Estados Unidos; bacharel em Neurociência e Psicologia na EBWU na Flórida; e licenciado em Biologia e também em História pela Faveni do Brasil. Especializações em Inteligência Artificial na IBM e programação em Python na USP. MBA em Psicologia Positiva na PUC.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.