Stayover: relação íntima, mas sem compromisso

Stayover: relação íntima, mas sem compromisso

Equipe MegaCurioso

Se você tem um companheiro com quem divide o espaço da cama por alguns dias na semana e nada mais, então o seu relacionamento faz parte da tendência do “stayover”. E cada vez mais casais têm entrado nessa onda, procurando companhia mas, ao mesmo tempo, mantendo sua independência.

Nesse modelo de relações, você passar algumas noites por semana com o parceiro, mas ele não tem a chave do seu apartamento, nem deixa a escova de dente ao lado da sua. Depois de uns dias, cada um vai para sua casa até que a saudade bata novamente.

Para alguns, o “stayover” pode parecer estranho, mas uma pesquisa da Universidade de Missouri (Estados Unidos) revelou que cada vez mais jovens com idade até 29 anos estão aderindo a ele.

De acordo com a pesquisadora Tyler Jaminson, do Departamento de Desenvolvimento Humano e Estudos da Família da instituição, a conveniência é o que mais atrai adeptos para esse tipo de relacionamento, já que valoriza uma proximidade física e emocional já conquistada, porém, ao mesmo tempo, exige um baixo nível de comprometimento.

Assim, o casal aproveita bons momentos juntos, mas não faz planos para o futuro, rejeita rótulos para a relação e não invade o espaço do outro.

O novo modelo de relacionamento ganha cada vez mais espaço devido à descrença em relação ao casamento, considerado por muitos como uma coisa nada natural. Por isso, muitos acabam optando pela rejeição ao compromisso para manter o afeto vivo por mais tempo.

O “stayover” tem feito sucesso principalmente entre aqueles que não aceitam certas regras da sociedade e procuram ser autênticos. E você, qual estilo de relacionamento prefere?

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.