Aeroporto de Amsterdã combate poluição sonora com Física e com arte

Aeroporto de Amsterdã combate poluição sonora com Física e com arte

Último Vídeo

Quem mora perto de aeroportos costuma ter uma reclamação comum: o barulho feito pelas aeronaves durante os pousos e as decolagens. Em Amsterdã, na Holanda, está localizado o terceiro terminal aeroviário mais movimentado de toda a Europa – e um dos maiores do mundo –, então você já pode imaginar a quantidade de poluição sonora emitida.

Anualmente, mais de 60 milhões de passageiros passam pelo Aeroporto de Schiphol, que tem mais de 1,3 mil voos por dia – praticamente 1 por minuto! Quando foi construído, em 1916, a 9 km da cidade, ele estava em uma região isolada, próximo às planícies de um grande lago. Só que o avanço populacional cresceu imensamente, e Amsterdã conta hoje com 2,4 milhões de pessoas, incluindo sua região metropolitana.

Para combater o infernal barulho das decolagens, que se propagava sem nenhuma barreira pela planície, as autoridades do aeroporto contrataram uma empresa de arquitetura que descobriram uma técnica quase por acidente. Em 2008, depois de inúmeras tentativas e estudos, descobriu-se, sem querer, que arar as terras das planícies diminuía o ruído dos aviões levantando voo.

Uma questão de acústica

O paisagista e arquiteto Paul De Kort analisou trabalhos do físico e músico alemão Ernst Chladni, que viveu no século 18 e é considerado “pai da acústica moderna”. Assim, De Kort criou uma série de 150 sulcos retos e simétricos, com cerca de 2 metros de profundidade, que ajudam a minimizar os ruídos que chegam às casas mais próximas ao aeroporto.

Essa área acabou virando um parque, chamado Buitenschot, que conta com trilhas para caminhada e pedalada. Algumas peças de arte também foram colocadas nessa nova atração turística da capital holandesa.

A eficácia do trabalho paisagístico já reduziu a poluição sonora do Aeroporto de Schiphol em 50%, mas a meta é diminuir ainda mais. Para isso, aeronaves mais barulhentas possuem períodos específicos para decolar, e as companhias aéreas estão sendo cobradas para atender às novas normas do terminal aeroviário. 

Desenho mostra antes e depois: sulcos na planície ajudam a bloquear a propagação sonora

***

Você sabia que o Mega Curioso também está no Instagram? Clique aqui para nos seguir e ficar por dentro de curiosidades exclusivas! 

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.