Conheça trabalho com LEGO que repara danos em construções ao redor do mundo
1.698
Compartilhamentos

Conheça trabalho com LEGO que repara danos em construções ao redor do mundo

Último Vídeo

Se você acompanha o Mega Curioso, certamente já deve ter visto diversas publicações que envolvem peças de LEGO. Algumas revelam verdadeiras obras de arte, como a do Batmóvel construído com 500 mil pecinhas, a que apresenta uma recriação dos personagens da DC Comics e a lista de 17 esculturas de animais feitas com o brinquedo.

Inspiração e criatividade é o que não falta para os artistas de LEGO ao redor do mundo, e frequentemente nos deparamos com essas belíssimas criações. Porém, nem todos enxergam no brinquedo uma forma de montar esculturas que criam ou recriam objetos, personagens ou qualquer outro item da ficção ou da realidade. O interessante trabalho do artista alemão Jan Vormann, por exemplo, é um que mostra como LEGO pode ter outras boas utilidades.

Ele chama a sua ação de “Dispatchwork”, e o intuito é restaurar construções danificadas ao redor do mundo. Com uma sacola cheia de pecinhas plásticas do brinquedo, Vormann sai andando pelas ruas de grandes cidades reparando nos cenários urbanos ao seu redor para verificar a existência de paredes, escadas, fachadas, calçadas e outras construções que estejam danificadas. Com o LEGO, ele então produz uma espécie de restauração colorida, deixando a área consertada mais alegre, com as pecinhas integradas às linhas da construção e sem as irregularidades dos danos. Veja o vídeo a seguir publicado pela TV alemã DW-TV no YouTube:

Segundo explica na entrevista, com esse trabalho, o artista pretende que as peças montadas com LEGO façam parte das construções como tijolos de verdade — e não que apenas estejam ali para “tapar o buraco”. Ele espera que as peças fiquem presas aos locais o tempo que for, mas afirma que sabe que elas não durarão muito. “Talvez elas fiquem ali durante um período, ou talvez acabem caindo com o tempo, assim como acontece com tijolos reais. Nesse caso, quem sabe alguma criança as encontre e as utilize para brincar. Isso seria bom também”, declarou Vormann.

O trabalho se espalha

O alemão iniciou o Dispatchwork em 2007, depois de a ideia surgir em uma exposição de arte em Roma. Além de Berlim e outras cidades da Alemanha, o artista passou por outros países como a própria Itália, Sérvia, Holanda, Israel, Rússia e Estados Unidos, reparando os danos em diversas construções (veja galeria abaixo). No entanto, sua arte formou seguidores pelo mundo inteiro e atualmente há muitas pessoas que replicam o trabalho iniciado por Vormann.

No site oficial do artista, é possível acessar um mapa-múndi que mostra todos os locais em que há construções restauradas com LEGO. No Brasil, por exemplo, há alguns trabalhos realizados em São Paulo, mas, no mundo, a lista é extensa e mostra até reparos feitos na Muralha da China. Clicando sobre a região desejada, as pessoas conseguem conferir o trabalho dos outros “dispatchworkers” espalhados pelo globo. Clique aqui para conferir.

O que você achou da ideia de restaurar construções danificadas com LEGO? Dê a sua opinião no Fórum do Mega Curioso

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.