Seja o primeiro a compartilhar

Brilhante: menino indiano supostamente acende lâmpadas com a pele

Abu Thahir, de apenas 9 anos, tem chamado a atenção das mídias sociais na Índia depois de revelar um poder incomum: ele jura que consegue acender lâmpadas de LED apenas as encostando em sua pele!

Thahir mora na vila de Muhamma, no sul do país, e teria descoberto seu dom há pouco tempo. O pai dele conta que ambos voltavam do mercado um dia, após comprarem uma lâmpada, quando o menino pegou o objeto com as mãos e instantaneamente acendeu. Nizar, o pai, achou que fosse algum tipo de pegadinha, até ver que aquilo realmente estava ocorrendo.

Para acender as lâmpadas, basta encostar a parte elétrica em qualquer pedaço de pele do menino. A tia do garoto filmou a bizarrice e publicou na internet. Logo as cenas rodaram a Índia e transformaram o garoto em uma webcelebridade. Assista ao vídeo:

Será verdade?

Assim como muitos pensaram que Abu Thahir era um candidato a X-men e aluno do professor Xavier, outros acreditam que tudo não passa de manipulação para chamar a atenção. Apesar de Thahir parecer tímido e envergonhado com a exposição, tem gente dando soluções pra lá de inventivas (e plausíveis) para o fenômeno.

Um das justificativas é de que algum fio com baixa tensão estaria escondido e encostado em Thahir, que no fundo serviria apenas como um condutor de eletricidade. Como os vídeos que mostram o seu poder não revelam toda a cena, isto é, não o enquadram de corpo inteiro, é possível que isso realmente aconteça.

Já o cientista Joshy Kuriakose acredita que Thahir realmente acende a lâmpada com a pele. Isso seria resultado de um excesso de sal em seu corpo, que gera excesso de suor e de condutividade na pele. Como as únicas lâmpadas que o garoto consegue acender são as de LED, é possível que essa explicação seja a correta. Será? Você é cético ou crédulo nessa história?

lampadaAbu Thahir, de 9 anos, precisa encostar a pele nos dois polos de eletricidade para acender a lâmpada de LED

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.