Jovem diz ter fotografado fantasma de monge em abadia do século 12
50
Compartilhamentos

Jovem diz ter fotografado fantasma de monge em abadia do século 12

Último Vídeo

Há alguns dias, nós aqui do Mega Curioso compartilhamos a matéria sobre uma jovem que acreditava ter fotografado o fantasma de uma figura lendária na região de Kent, na Inglaterra, conhecida como “Dama Cinzenta”. Apesar de a imagem não ser lá muito convincente — e provavelmente ser resultado da combinação de uma mancha na lente e a forma como a luz atingiu a câmera —, o registro foi suficiente para gerar falatório.

E não é que ficamos sabendo de outra alma penada que resolveu posar para uma foto por aquelas bandas?! Desta vez o (suposto) retrato foi capturado por uma moça de 19 anos chamada Rosie Boulton — que, por sinal, tem uma quedinha por assuntos relacionados com o paranormal. Pois essa jovem decidiu visitar a antiga Abadia Tintern, do século 12, situada em Monmouthshire, no País de Gales, e jura ter fotografado o fantasma de um monge. Veja a seguir:

Suposto fantasmaE aí, o que você acha? (Daily Mail)

Passado movimentado

Bem, caro leitor, estamos falando do Reino Unido, portanto, é óbvio que a igreja — hoje em ruínas — tem fama de assombrada. Existem inúmeros relatos de assombrações de monges e até de um cavaleiro que aparece por lá, e essa acima nem seria a primeira foto capturada de supostos espectros que rondam o edifício. Confira outra imagem (e tire suas próprias conclusões!):

A Abadia Tintern foi fundada por um homem chamado Walter de Clare, Lorde de Chepstow, em meados de 1131, e reconstruída algumas vezes ao longo de sua história. O local chegou a ganhar certa importância, tanto que o Rei Eduardo II chegou a passar um par de noites por lá em 1326. Mas, em 1349, a Peste Negra deu as caras pelo Reino Unido, matou um bocado de gente, incluindo muitos monges do local, e, a partir daí, a abadia começou a ter dificuldades em atrair novos clérigos.

Então, no século 15, Tintern, que já estava meio jogada às traças, acabou sendo parcialmente destruída durante uma revolta galesa contra os reis ingleses — e isso meio que selou o destino da abadia. Assim, tendo eventos como a Peste Negra e uma guerra no currículo, é claro que não faltariam fantasmas para assombrar o local, certo?

Fantasmas à solta

Segundo os rumores, é comum avistar monges segurando tochas perambulando enfileirados pelas ruínas da abadia, e existe uma lenda de que um grupo de homens decidiu montar acampamento no local uma noite, mas acabou tendo que sair de lá às pressas. Os aventureiros teriam visto as almas dos monges surgirem do chão e a sombra do fantasma de Gilbert fitz Gilbert de Clare, o primeiro Conde de Penbroke, e cujo corpo teria sido sepultado na igreja.

Foto de fantasmaEssa foi a foto capturada por Rosie (The Sun)

Essa assombração, aliás, seria a do tal cavaleiro, e ela teria apontado sua espada em direção à entrada da abadia, sinalizando ao grupo que era hora de partir.  Rosie, a moça que capturou a foto, resolveu explorar as ruínas de Tintern no meio da noite com alguns amigos e, apesar de eles não verem nada, os jovens afirmam ter sentido uma “presença” bastante assustadora que os espantou de lá.

Foto de fantasmaTire suas conclusões... (Daily Mail)

Mas, antes de partir, Rosie fez uma porção de fotos e, segundo a moça, em uma delas é possível ver claramente um dos monges que assombram a abadia. Se você reparar, a forma capturada pela “caça-fantasmas” se parece bastante com as das janelas e até da entrada do edifício, sendo assim, pode ser que se trate de alguma distorção provocada pela luz ou algo do tipo. Por outro lado, há quem pense que Rosie fotografou a mesma alma penada já retratada por outras pessoas, uma vez que ela é bastante parecida com a que aparece no tweet. E você, o que opina sobre isso?

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.