Hackers derrubam mais de 6,5 mil páginas da deep web
709
Compartilhamentos

Hackers derrubam mais de 6,5 mil páginas da deep web

Último Vídeo

Um ataque hacker resultou na derrubada de mais de 6.500 páginas hospedadas em um popular servidor da deep web, o Daniel’s Hosting. Ele ficava escondido na rede Tor e o administrador do servidor Daniel Winzen garantiu que não há qualquer backup das páginas deletadas.

O ataque aconteceu no último dia 15 e a invasão foi feita de um jeito bem simples: usando nome de usuário e senha de acesso ao administrador do servidor. Todas as contas armazenadas por Winzen foram removidas, segundo comunicado publicado na página oficial da empresa.

Não há como se recuperar desta falha, afirmou o administrador do servidor

O invasor ainda apagou a conta de administrador que ele mesmo criou após remover todas as páginas do servidor, listas de links, contador de acessos e banco de dados de chat. “Não há como se recuperar desta falha, todos os dados se foram”, escreveu Winzen. “Vou reestabelecer o serviço uma vez que a vulnerabilidade seja encontrada, mas primeiro eu preciso fazer isso. O mais provável é que o serviço esteja de volta em dezembro”, finalizou.

A Tor (The Onion Router) é uma rede anônima que redireciona tráfego da internet a fim de mascarar a sua real origem, garantindo que os usuários não sejam localizados nem identificados. A rede também organiza páginas que não estão disponíveis na “web de superfície” e não pode ser acessada da forma tradicional.

É por isso que muitas pessoas contratam serviços como o de Daniel Winzen, que oferece um sufixo .onion. O Daniel’s Hosting é um dos mais populares a fazerem isso na atualidade.

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Hackers derrubam mais de 6.500 páginas da deep web via TecMundo

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.