Seja o primeiro a compartilhar

Inteligência artificial pode ter encontrado fugitivos de Alcatraz

O mistério da fuga de Alcatraz, que já dura quase 60 anos, finalmente pode ter sido resolvido, em pleno 2020, com o auxílio de uma ferramenta de inteligência artificial. É o que garantem a agência irlandesa Rothco e a empresa especializada em reconhecimento facial IdenTV, responsáveis pelo programa.

Revelado há alguns meses, o sistema criado pelas duas companhias foi utilizado para analisar uma fotografia tirada em 1975, no Brasil, que mostrava dois homens, um deles moreno, de óculos escuros e barba, e o outro loiro, também usando óculos. A dupla foi identificada pela inteligência artificial como os irmãos John Anglin e Clarence Anglin, desaparecidos desde a fuga da prisão americana, em 1962.

De acordo com o diretor científico da IdenTV Mark Hughes, o programa de reconhecimento facial analisa a imagem de uma pessoa e, a partir daí, é capaz de gerar uma “impressão digital facial” do investigado, com base em modelos matemáticos.

(Fonte: Campaign/Reprodução)
(Fonte: Campaign/Reprodução)

O processo de identificação inclui, ainda, uma comparação com pistas faciais armazenadas em um banco de dados específico, com milhões de rostos, para detectar uma possível correspondência, tudo isso feito em milissegundos. Em entrevista à revista Campaign, Hughes disse que o procedimento é parecido com o realizado pela polícia ao analisar as impressões digitais de um suspeito.

Fuga cinematográfica

Juntamente com Frank Morris, do qual não se tem notícia, os irmãos Anglin foram levados para a antiga penitenciária federal, localizada em uma ilha da baía de São Francisco, após um assalto a banco. Enquanto estavam detidos, os três escavaram um túnel na cela, utilizando colheres afiadas.

No dia 11 de junho de 1962, eles escaparam da prisão, utilizando um barco construído com capas de chuva, para chegar ao continente. Essa incrível história foi retratada no filme Fuga de Alcatraz (1979), protagonizado por Clint Eastwood.

Trio que fugiu de Alcatraz. (Fonte: Campaign/Reprodução)
Trio que fugiu de Alcatraz. (Fonte: Campaign/Reprodução)

Desde que o trio escapou, nunca mais se soube do paradeiro deles. Muitos pensam que eles se afogaram ao atravessar a baía, enquanto outros acreditam no sucesso da fuga. Já a penitenciária foi fechada um ano depois do acontecimento, transformando-se em um dos pontos turísticos mais visitados da cidade californiana, atualmente.

Se estiverem vivos, os fugitivos Clarence, John e Frank têm 88, 89 e 93 anos de idade, respectivamente.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.