Seja o primeiro a compartilhar

3 crimes macabros que viraram notícia em 2020

Se tem uma coisa que 2020 provou é que ele não veio para ser um ano fácil. Incêndios, ameaça de Terceira Guerra Mundial, pandemia do coronavírus, peste de gafanhotos… Parecia que cada mês tinha uma surpresa desagradável reservada para o mundo. E é claro que ele não poderia passar sem sua parcela de crimes sinistros. Confira abaixo três histórias macabras que marcaram as notícias neste período:

1. Mãe e filha vendem cadáveres da funerária

(Fonte: William Woody/Colorado Sun/Reprodução)
(Fonte: William Woody/Colorado Sun/Reprodução)

Em 2009, Shirley Koch e sua filha Megan Hess decidiram abrir uma funerária chamada Sunset Mesa. Parecia ser apenas mais um negócio de família inofensiva, até ser revelado este ano que as duas vendiam os cadáveres que chegavam ao local e entregavam cinzas e restos mortais de outros indivíduos para os parentes dos falecidos.

As duas ganharam um bom dinheiro vendendo corpos inteiros e até mesmo só os membros para cientistas e pessoas da comunidade médica, com um caso envolvendo até um comprador da Arábia Saudita. Agora, a dupla pode pegar até 135 anos de prisão por esta ideia macabra.

2. Adolescentes encontram mala cheia de restos mortais

(Fonte: TikTok/Reprodução)
(Fonte: TikTok/Reprodução)

Em julho, um grupo de adolescentes de Seattle, Estados Unidos, estavam experimentando o Randonautica, um app que dá coordenadas aos usuários de locais interessantes nas proximidades. Os jovens acabaram parando na costa da praia de Luna Park, onde avistaram uma mala velha entre as pedras.

Uma das meninas decidiu se aproximar, e utilizando um pedaço de madeira, abriu a bagagem apenas para ser presenteada com um fedor horrível e um corpo mutilado. Quando a polícia chegou ao lugar para iniciar a investigação, acabou encontrando outra bolsa com mais sete partes de restos desmembrados. Até o momento, o caso ainda não foi solucionado.

3. Obcecada pelo Apocalipse, mulher mata seus dois filhos

(Fonte: KVTB/Reprodução)
(Fonte: KVTB/Reprodução)

Lori Vallow começou a ficar obcecada pelo autor Chad Daybell, que escrevia obras que diziam que o juízo final estava próximo e afirmava poder ver o futuro e ouvir profecias destinadas especialmente para ele. A loucura parecia inofensiva até os filhos de Vallow, Joshua e Tylee, desaparecerem.

Além disso, a esposa de Daybell morreu misteriosamente enquanto dormia, permitindo que a dupla pudesse viajar para o Havaí para se casar.

Preocupados com o bem-estar das crianças, os avós paternos entraram em contato com a polícia, que ordenou à Lori que apresentasse os dois no tribunal, o que tornou a situação mais preocupante quando a mulher não cumpriu a ordem.

(Fonte: Facebook/Reprodução)
(Fonte: Facebook/Reprodução)

Depois de serem extraditados de suas férias despreocupadas na ilha paradisíaca, Chad e sua nova esposa passaram a ser suspeitos da investigação, que revelou as crenças religiosas do autor e o medo que Vallow sentia dos próprios filhos por acreditar que haviam se tornados zumbis e tinham que ser mortos.

Os policiais finalmente encontraram os restos mortais dos jovens enterrados atrás da casa de Daybell, e agora o casal criminoso está sob custódia policial.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.