Conheça a misteriosa lenda do conde alquimista que parecia ser imortal
523
Compartilhamentos

Conheça a misteriosa lenda do conde alquimista que parecia ser imortal

Último Vídeo

O Conde de Saint Germain, que viveu no século 18, é considerado por muitos como uma das figuras históricas mais estranhas de que se tem notícia. A verdadeira origem desse homem e muitos outros fatos sobre sua vida nunca foram comprovados – o que faz com que sua passagem pela Terra seja marcada pelo mistério.

A história conta que depois de ter sido expulso da Inglaterra por espionagem, o conde apareceu na França em meados da década de 1700. Logo Saint Germain começou a frequentar a corte e se tornou um estimado convidado do rei Luís XV. Aos poucos, os boatos a respeito da figura do conde começaram a se espalhar.

Uma vida de mistérios

Sabia-se que ele era excelente com idiomas, sendo fluente em vários deles, como árabe, chinês e sânscrito. As pessoas da época também relatavam que o conde era um artista exemplar, que tocava violino e já havia escrito textos incríveis. Ainda, seus conhecidos ficavam impressionados com a educação e as maneiras impecáveis do homem, embora ninguém soubesse explicar de onde tudo isso havia surgido.

Fonte da imagem: Reprodução/Celebheaven

Sua idade era uma das questões que mais intrigava a corte. A lenda conta que o conde não gostava de falar sobre o assunto e, em uma ocasião em que foi questionado sobre sua idade, afirmou que tinha 500 anos e mudou de assunto. O homem também era rico, possuía muitas joias e ninguém conseguia descobrir de onde vinha tanto dinheiro. Quem já havia estado na companhia do conde afirmava que ele não comia em público e usava somente roupas pretas e brancas.

Alquimia, maçonaria e muito mais

Na tentativa de explicar tantos mistérios, alguns diziam que o Conde de Saint Germain havia ajudado a formar a maçonaria, além de ser um deles. Por outro lado, algumas pessoas associavam sua figura com os rosacrucianistas. Havia ainda quem afirmasse que o conde estudava todas as práticas de ocultismo, o que incluía a alquimia e a cabala.

Esses últimos boatos levaram a população a espalhar a notícia de que o homem havia aprendido como criar uma pedra filosofal e assim garantir toda a riqueza e a juventude que ele quisesse. A ideia de que o Conde de Saint Germain era imortal foi reforçada na década de 1900, quando algumas pessoas afirmaram ter visto o conde e muitas acreditavam que ele não havia morrido.

O judeu errante

Além de todas as explicações que as pessoas buscaram para entender a origem incerta e a vida obscura do Conde de Saint Germain, existe mais uma teoria interessante relacionada ao seu nome. A antiga lenda do judeu errante conta que um judeu ridicularizou Jesus enquanto ele estava a caminho da crucificação e, por isso, ele teria sido condenado a vagar pela Terra sem morrer até o dia do juízo final.

Fonte da imagem: Reprodução/Digilander

Nesse sentido, alguns acreditam que o conde misterioso é o judeu errante. Para as pessoas que defendem essa versão da história, o fato do conde vestir apenas roupas pretas e brancas, ter um vasto conhecimento de línguas antigas e aparentemente nunca ter se alimentado são fortes indícios que sustentam a teoria.

* * *

E você, caro leitor? Qual é o seu palpite sobre a estranha figura do Conde de Saint Germain? Não deixe de compartilhar suas opiniões conosco nos comentários.

*Publicado originalmente em 26/02/2014.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.