Seja o primeiro a compartilhar

7 lendas vampirescas que possuem um fundo de verdade

Ao longo dos tempos, diversas crenças e lendas foram atribuídas à prática de vampirismo. Porém, o que tanto pode ser considerado como ficção e o que pode ter um fundo de verdade? O site da Reader’s Digest elaborou uma lista com algumas destas histórias e nós, aqui do Mega Curioso, as trazemos para vocês:

1. A Condessa de Sangue

A condessa Elizabeth Bathory viveu entre 1560 e 1614, na Hungria. Ela foi acusada de ter comportamentos “vampirescos”: ela mordia suas vítimas e tomava banho com o sangue delas como uma forma bizarra de tratamento de beleza.

2. O Príncipe das Trevas

Um dos maiores ícones do vampirismo, Vlad da Valáquia – também conhecido como Vlad, o Empalador – viveu entre 1431 e 1476. Além de matar e empalar suas vítimas, ele se deliciava com pão embebido do sangue dos pobres coitados.

3. A Deusa Egípcia

No Antigo Egito, também havia uma lenda envolvendo uma suposta “vampira”. A deusa Sekhmet era conhecida por seu gosto por sangue e se a sua alma não recebesse as oferendas corretas, ela sairia de sua tumba em busca do líquido precioso.

4. Os Vampiros Chineses

Já na China existiam os Chiang-shi, que também eram conhecidos como os “vampiros chineses”. Eles tinham garras curvas e olhos vermelhos, além de se alimentarem da “força vital” de suas vítimas.

5. Suméria e Babilônia

Os antigos povos sumérios e babilônicos dividiam uma crença comum em um espírito chamado ekimmu, que retornaria do mundo dos mortos para sugar a vida dos vivos.

6. A Peste Negra

Enquanto a Europa enfrentava a maior epidemia da humanidade, a Peste Negra, algumas lendas diziam que os vampiros se alimentavam dos corpos de quem morria da doença e ajudavam a espalhar ainda mais o vírus. Assim, aqueles que eram suspeitos de vampirismo também eram enterrados com pedras em suas bocas.

7. “Vampiros” modernos

As lendas dizem que os vampiros tinham medo da luz solar e de alho, além, é claro, de se alimentarem de sangue. Atualmente, a medicina diz que existem pessoas que realmente possuem um distúrbio que as faz “gostar” de tomar o líquido de nossas veias. Já a fotofobia pode designar quem tem aversão a muita claridade, e a alliumfobia categoriza os que se amedrontam com alhos.

***

Você sabia que algumas lendas de vampiro possuem um fundo de verdade? Comente no Fórum do Mega Curioso

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.

Comentários

Você já percebeu que passamos por algumas mudanças por aqui, né? Uma delas é melhorar também o nosso campo de comentários - e nada melhor do que você, nosso leitor, para nos ajudar e garantir que a gente esteja no caminho certo. Substituímos temporariamente nossos comentários por uma pesquisa rápida para implementarmos mais uma melhoria. Como você acredita que nossa interação pode ser mais próxima aqui?

CLIQUE AQUI PARA RESPONDER