Cidade oferece alimentos orgânicos de graça a seus moradores
119
Compartilhamentos

Cidade oferece alimentos orgânicos de graça a seus moradores

Último Vídeo

Já imaginou que bacana seria se você pudesse comer mais alimentos orgânicos, colhidos na hora e, ainda por cima, de graça? Isso não é uma utopia, pelo menos não se você morar na cidade inglesa de Todmorden. Lá, os moradores fazem parte do projeto “A incrivelmente comestível Todmorden”, que espalha hortas públicas em vários pontos da cidade de 17 mil habitantes.

A cofundadora do projeto, Pam Warhurst, explicou, durante apresentação no TEDx, que a cidade de Todmorden já foi muito mais cinza do que é hoje e que essa mudança ocorreu graças a um projeto que envolve todos os moradores locais. Segundo ela, demorou algum tempo para que as pessoas decidissem aderir à causa, mas hoje, alguns anos depois, todos os moradores já sentem de perto a diferença.

Mudança

Fonte da imagem: Reprodução/Incredible-edible-todmorden

A ideia de Pam foi relativamente simples, mas ela não poderia fazer tudo sozinha e aí entram alguns conceitos a respeito de trabalho em grupo e de cidadania. Sabe-se, por exemplo, que todos os anos o mundo consome o equivalente a 2,5 milhões de toneladas de agrotóxicos, sendo que só no Brasil esse número é de 300 mil toneladas, de acordo com o site da Embrapa. Nos últimos 40 anos a área de produção agrícola aumentou 78%, enquanto o uso de agrotóxicos subiu 700%. Tudo isso para que você tenha acesso a uma fruta “perfeita” – por fora.

Em seu discurso a favor do projeto, Pam diz que é simples saber se o cidadão comum pode participar, justificando com a seguinte sentença: “Se você come, você está dentro”. Ela diz que as pessoas não precisam aprender mais do que já sabem a respeito do assunto; elas precisam somente agir. Há cinco anos Todmorden recebeu um novo centro de saúde, o qual foi visitado por Pam e sua equipe, que perguntaram se havia a possibilidade de plantar verduras, frutas e legumes nos terrenos ao lado da construção. A permissão foi garantida e atualmente o centro conta com diversos alimentos naturais e saudáveis.

Mudanças

Fonte da imagem: Reprodução/Incredible-edible-todmorden

Para Pam, é importante que as crianças sejam criadas em meio a esse tipo de cultivo, sem a ideia de que as frutas surgem de embalagens de plástico adquiridas no mercado. Ela ainda conta que as pessoas ajudam nas plantações e retiram os alimentos quando querem, sem pegar mais do que precisam, conscientemente. O projeto está presente em escolas, hospitais, canteiros espalhados em locais públicos e até mesmo em estações de trem.

Aos poucos, os cultivos começaram a se tornar parte da comunidade e crianças já aprendem a respeito da importância de todas as vidas de nosso ecossistema, o que, de acordo com a fundadora, faz com que elas entendam que fazem parte de um sistema muito maior, do qual elas precisam tomar conta. Pam afirma também que o vandalismo ecológico diminuiu em sua cidade e que os policiais e outras autoridades de segurança de Todmorden afirmam que o ambiente está mais tranquilo do que nunca.

Se você quiser assistir à apresentação de Pam, confira o vídeo a seguir. Infelizmente, ele não está legendado, mas você pode ativar a tradução automática para entender melhor. Depois, conte para a gente o que você achou dessa ideia. Esse projeto é relativamente simples, o segredo está na participação de todos os membros da comunidade que se envolva nele. E aí, será que essa ideia não daria certo no local onde você vive?

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.