5 bandas que se rebelaram ao fazer playback em apresentações de TV [vídeo]
1.114
Compartilhamentos

5 bandas que se rebelaram ao fazer playback em apresentações de TV [vídeo]

Último Vídeo

Enquanto muitos músicos se apresentam com uma ajudinha do playback, tem gente que faz questão de tocar ao vivo. Mas nem sempre os programas de televisão oferecem a estrutura necessária para que as bandas se apresentem de verdade, o que as obriga a dar aquela improvisada e acabar dublando a música.

Descontentes com essas situações, algumas bandas famosas mostraram sua revolta diante das câmeras. Com performances que chegam a ser hilárias, os músicos fingem que cantam e tocam e aproveitam para avacalhar a apresentação.

Os registros desses shows mostram uma verdadeira confusão: bateristas tocando de costas, baixistas que nem encostam no instrumento e vocalistas que se recusam a cantar direito. Confira cada uma das apresentações e nos conte nos comentários se você se lembra de mais bandas que deram o recado quando foram obrigadas a fazer playback.

1) Muse

Em 2009, a banda inglesa Muse foi convidada para uma apresentação no canal Rai da TV italiana para divulgar o álbum The Resistance, que acabava de ser lançado. Acontece que poucos minutos antes de entrar em cena, os músicos foram avisados de que não poderiam tocar ao vivo, restando apenas o playback. Em sinal de protesto, o vocalista Matt Bellamy assumiu as baquetas e o baterista Dominic Howard ficou com o microfone. No vídeo, é possível perceber que os três membros da banda tocam de maneira desordenada e cantam fora da música. Na entrevista, Dominic chega a fazer uma piada quando comenta um fato sobre “o nosso baterista Matt”.

2) The Stranglers

Outra banda britânica que não ficou nem um pouco contente com o playback foram os Stranglers na apresentação de 1977 no programa Top of The Pops. Assim que os músicos começam a tocar a canção “No More Heroes” é possível ver que o vocalista Jean-Jacques Burnel exagera na interpretação. Junto com o guitarrista Hugh Cornwell, Burnel desencana da apresentação e começa a pular e quebrar tudo. E é nesse momento que acontece o mais hilário: o baterista se levanta e continua tocando sua bateria imaginária de costas! O tecladista Dave Greenfield, no entanto, pareceu ser o único a levar a apresentação a sério.

3) Public Image Ltd.

A apresentação do Public Image Ltd., segunda banda de Johnny Rotten (que ficou famoso com o Sex Pistols), no programa American Bandstand em 1980 foi uma verdadeira bagunça. Assim que a música começa o vocalista está sentado em um dos cantos do palco sem demonstrar a menor vontade de cantar. Quando se levanta, Rotten começa a chamar o público para o palco e tudo vira uma grande festa. O vocalista fica vagando pelo palco enquanto os outros músicos tocam o que bem entendem em seus respectivos instrumentos. O vídeo é longo e a bagunça só aumenta com o passar do tempo.

4) Iron Maiden

Por serem conhecidos como uma das melhores bandas em apresentações ao vivo, não é de se estranhar que os músicos do Iron Maiden se rebelaram quando souberam que precisariam fazer playback para um programa de televisão alemão em 1986. A proposta vergonhosa feita à banda foi recebida como uma piada e despertou a revolta dos músicos. Quando a música começa a tocar, o vocalista Bruce Dickinson canta os primeiros versos e troca de lugar com o baixista Steve Harris que, na verdade, estava tocando uma guitarra. Os músicos seguem se revezando no microfone e nos instrumentos e fazem uma verdadeira confusão em cima do palco.

5) Nirvana

O Nirvana foi mais uma das bandas que se revoltou ao ter que fazer um playback no programa britânico Top of The Pops, que costumava torturar as bandas com esse tipo de exigência. Depois de pedir para que a banda fingisse tocar o sucesso “Smells Like Teen Spirit” em 1991, a produção decidiu deixar que Kurt Cobain fizesse os vocais. Tocando de maneira robótica, o vocalista é acompanhado por Krist Novoselic, que encarna o baixista performático, e Dave Grohl, que revela seu lado criativo ao inventar sons aleatórios na bateria, enquanto canta com uma voz grossa muito fora do comum. Kurt também mostra sua insatisfação com a situação ao trocar os dois primeiros versos da música para “Load up on drugs, kill all your friends”. Essa foi a última vez que a banda subiu ao palco do programa.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.