4 músicas compostas para embalar situações diferentes das que você imagina
372
Compartilhamentos

4 músicas compostas para embalar situações diferentes das que você imagina

Último Vídeo

Mesmo que você não seja muito fã de música clássica, existem alguns trechos que acabaram se transformando em trilhas sonoras oficiais de determinadas situações. E essas canções foram absorvidas de tal forma pela nossa cultura, que basta com ouvi-las para imaginarmos guerras épicas, momentos superdramáticos e até mesmo noivas felizes entrando em uma igreja.

Entretanto, apesar dessas associações, muitas composições foram criadas para embalar momentos bem diferentes. Assim, confira quatro exemplos — selecionados a partir de um divertido artigo do site Cracked — de músicas que foram compostas para expressar ideias muitas vezes opostas das quais imaginamos quando as escutamos:

1 – Com quem será…

Composta por Wagner em 1850, a marcha nupcial acima se chama Treulich geführt e é mundialmente conhecida por embalar o desfile de tantas noivas até o altar. Contudo, a composição faz parte da ópera Lohengrin que, por sinal, não é nada feliz. Na trama, a canção é tocada após o casamento dos personagens principais — e não antes —, durante o qual cinco convidados são assassinados pelo noivo, e a pobre noiva, que é abandonada, morre de desgosto.

2 – Aleluia!

Vai dizer que você nunca cantou o alegre trecho acima — que faz parte da obra “O Messias”, de Händel — depois de ter conseguido algo importante ou para brincar com aquele amigo que sempre se atrasa, por exemplo! A composição faz parte de uma sequência cronológica criada para descrever a vida de Cristo, e o “aleluia” ali não corresponde a um momento muito alegre nem de comemoração, mas ao temido Apocalipse.

3 – Muito drama

Você já deve ter ouvido a canção acima embalando momentos de grande tensão e dramatismo em filmes, programas de TV, formaturas etc., não é mesmo? Chamada “O Fortuna”, ela faz parte da obra Carmina Burana que, por sua vez, está composta por uma série de poemas satíricos e pra lá de picantes e que não têm nada de catastrófico ou emocionante.

4 – Batalhas épicas

O trecho que você acabou de ouvir acima — conhecido como “Cavalgada das Valquírias” — também foi composto por Wagner (veja o item 1) e talvez seja um dos mais dramáticos do mundo. Tanto que a música já foi usada incontáveis vezes para retratar personagens de filmes, desenhos animados, games e animações partindo para batalhas épicas.

Mas, ao contrário do que você possa imaginar quando ouve a melodia — como guerreiras destemidas cavalgando para a luta —, a peça foi criada para entreter a audiência enquanto as cortinas permaneciam fechadas entre os diferentes atos da ópera “O Anel do Nibelungo”. E, depois que as cortinas se abriam, em vez de mulheres lutando, a música servia de fundo enquanto as valquírias simplesmente se cumprimentavam e cantavam seu grito de guerra.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.