(Fonte da imagem: Reprodução/iStock)

Se você costuma duvidar da capacidade mental daquele seu amigo que sempre se distrai realizando tarefas simples, reveja seus conceitos. Pesquisa publicada em uma revista especializada de ciência indica que pessoas com mentes dispersas costumam apresentar mais capacidade de “memória de trabalho”. Isso significa que elas são capazes de realizar duas tarefas simultaneamente.

O estudo consistiu em colocar os participantes para pressionar um botão quando determinada letra surgia na tela. Enquanto isso, os pesquisadores os questionavam periodicamente se suas mentes estavam “vagueando”. Ao fim dos trabalhos, os participantes tinham que memorizar uma série de letras interpostas a questões matemáticas simples.

Quem apresentou mais dispersão durante esses testes também obteve melhores resultados na avaliação de memória. A explicação é a seguinte: uma área extra do cérebro é usada quando você faz contas usando dois números, mas não pode escrevê-la e, segundo o DailyMail, essa capacidade é comumente associada a medidores de inteligência, como o QI.