(Fonte da imagem: Reprodução/Wikipedia)

De acordo com o Daily Mail, as fãs de Justin Bieber simplesmente não conseguem evitar o comportamento maluco que apresentam. Na verdade, o que elas sentem é uma compulsão física real que as tornam “dependentes” de seu ídolo e as levam a perseguir, desmaiar, gritar e, em resumo, agir como loucas.

Segundo explicou o neurocientista Daniel Levitin à publicação, quando as fãs ouvem as músicas de Bieber — repetidamente, aliás —, elas experimentam um aumento nos níveis de dopamina em seus cérebros, neurotransmissor responsável pelas sensações de prazer e motivação. Em outras palavras, as músicas de Bieber têm o mesmo efeito que algumas drogas para essas jovens.

Contudo, como a dopamina é liberada em níveis muito mais baixos quando o cérebro é estimulado apenas pela música, as fãs precisam de cada vez mais “Justin Bieber” para suprir as suas necessidades, o que acaba se transformando em uma obsessão.

Na verdade, esse tipo de comportamento não se restringe apenas às fãs do ídolo teen. Qualquer um que simplesmente não consiga viver sem o objeto de sua admiração — como uma banda de rock favorita ou time de futebol, por exemplo — apresenta o mesmo tipo de quadro.

Fonte: Daily Mail