Cientistas aumentam inteligência de ratos com células humanas
74
Compartilhamentos

Cientistas aumentam inteligência de ratos com células humanas

Último Vídeo

A mente humana é sempre alvo de todo tipo de estudo. A novidade agora está focada em pesquisas que relacionam nosso cérebro com as capacidades cognitivas dos animais. Pelo menos esse é o foco de alguns cientistas do centro médico da Universidade de Rochester.

Esses pesquisadores injetaram propriedades celulares do cérebro humano – os astrócitos, células responsáveis por muitos eventos que nos distinguem de outras espécies – em camundongos, com a finalidade de aumentar a capacidade cognitiva desses animaizinhos.

Resultados

Imagem do cérebro de um camundongo. As partes em verde são os astrócitos. Fonte da imagem: Reprodução/Urmc

Com o passar do tempo, conclui-se que essas células foram as responsáveis pelas atitudes dos ratos na hora de tentar sair de um labirinto, apresentando pouca dificuldade e agindo como se já conhecessem o caminho há algum tempo.

Além disso, os camundongos se tornaram capazes de associar alguns tipos de som rapidamente, o que pode aumentar suas habilidades de defesa. Isso pode ser percebido com o som de choque elétrico, por exemplo, agora reconhecido rapidamente pelos ratinhos.

E por que tudo isso? Bom, de acordo com cientistas, esses estudos podem ajudar a entender melhor o cérebro humano, tão complexo e ainda cheio de mistérios. Com a melhor compreensão do funcionamento dos astrócitos, fica mais simples entender algumas questões relacionadas às habilidades de aprendizagem, por exemplo, além, é claro, de estudar doenças nas quais essas células estão envolvidas.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.