Probióticos podem reduzir os níveis de colesterol ruim

Probióticos podem reduzir os níveis de colesterol ruim

Equipe MegaCurioso
Último Vídeo

Crédito: Thinkstock

Se você é fã dos iogurtes e bebidas lácteas funcionais enriquecidas com lactobacilos, agora tem mais uma notícia boa sobre eles. De acordo com um estudo divulgado no Huffington Post, os probióticos — microorganismos vivos que existem em alimentos como o iogurte —, além de serem ótimos para a saúde digestiva, também podem fazer bem ao coração.

Essas bactérias do bem ajudam na digestão, no trânsito intestinal, além de melhorarem a imunidade do organismo. Agora, a descoberta foi de que os probióticos podem ainda ajudar a reduzir os níveis de colesterol ruim, o chamado LDL.

Segundo as avaliações do estudo, tomar duas doses por dia de um tipo de probiótico fez com que os níveis de colesterol total e LDL em pessoas com as taxas elevadas fossem diminuídos. O probiótico utilizado no estudo foi de uma forma especialmente formulada de Lactobacillus reuteri NCIMB 30242, o qual tem sido demonstrado em pesquisas anteriores que tem efeitos positivos sobre o colesterol.

O estudo foi realizado com 127 adultos que tinham colesterol alto. Metade deles tomaram duas doses diárias do probiótico, enquanto a outra metade recebeu um placebo durante nove semanas.

Até o final do período de estudo, as pessoas que tomaram os probióticos tiveram 11,6% de redução nos níveis de colesterol LDL em relação àqueles que tomaram o placebo, bem como 9,1% de decréscimo nas taxas de colesterol total. O chamado colesterol bom, o HDL, não teve alteração entre as pessoas que tomaram os probióticos.

A pesquisa foi realizada pela fabricante norte-americana de probióticos Micropharma, que lançará um suplemento com essas bactérias, que foi o utilizado nas avaliações, ainda esse ano. O Huffington Post ressalta que o estudo foi apresentado apenas na sessão científica do American Heart Association 2012 e ainda não foi publicado em periódicos oficiais de pesquisa. Portanto, os resultados ainda são considerados preliminares.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.