Descubra 17 maneiras curiosas para curar a ressaca pelo mundo
294
Compartilhamentos

Descubra 17 maneiras curiosas para curar a ressaca pelo mundo

Último Vídeo

Tomar umas e outras pode ser bom para desinibir um pouco e descontrair a noitada — o problema é quando você exagera na dose. No dia seguinte, a ressaca ataca e deixa você com dores de cabeça, irritação, mal-estar, boca seca, tontura, falta de apetite etc. O caso se torna ainda mais grave quando você está viajando para outro país – mas deve ser muito mais fácil enrolar a língua para falar inglês, por exemplo, quando se está bêbado, não é mesmo?

Como a ressaca é um mal universal, independente do lugar em que você esteja, é bem provável que algum de seus amigos locais conheçam uma receita infalível para curar a maldita. A seguir, você confere 17 remédios e jeitos esquisitos para se livrar da ressaca e que podem ser encontrados em diferentes regiões do planeta.

1. Quando em Roma...

Na Roma Antiga, os habitantes eram adoradores de bacanais regados por orgias, vinhos e muita diversão. Ainda que o deus Baco estivesse presente nas festas, no dia seguinte todos sofriam os efeitos da bebida como meros mortais.

Contos de Dionísio

Plínio, o Velho – famoso escritor, historiador, administrador e especialista em curar ressacas – tinha uma receita infalível: fritar um canário e engoli-lo. Há algumas divergências se o bichinho deveria ser consumido inteiro ou decapitado, mas todos concordavam que os pequenos ossos crocantes eram excelentes para curar a ressaca.

2. O famoso leite de búfala da Namíbia

Após encher a cara, os namibianos tomam uma xícara cheia do que eles costumam chamar de “leite de bufála” – que de búfala não tem absolutamente nada. Na receita milagrosa, vai uma mistura de creme de leite (de vaca), licor de creme e dois tipos de rum.

Bufalo dourado

Pelo visto, eles acreditam que o melhor remédio para curar a ressaca é continuar bêbado — sem contar que a mistura de laticínios, álcool e açúcares deve garantir uma passagem só de ida para o trono de porcelana.

3. Porto Rico: limão serve também para tirar o fedor

Os porto-riquenhos, aparentemente, descobriram uma receita infalível para prevenir a ressaca. Antes de partir para a noitada e tomar bastante álcool, eles passam uma fatia de limão na axila do braço em que eles pretendem segurar o copo. Supostamente, isso evita que o corpo desidrate, e ninguém sofre com o mal-estar da ressaca.

Porém, essa receita está parecendo mais algum truque mágico para tirar o fedor de sovaco, não? O que acontece se a pessoa beber com as duas mãos? E se, durante a bebedeira, você se esquecer qual das duas axilas possui o “efeito mágico”? Enfim, se você já testou essa dica, responda para nós.

4. Dicas japonesas para curar a ressaca

Se o saquê da noite anterior não caiu muito bem, os japoneses costumam comer uma frutinha chamada umeboshi. Ela é semelhante a uma ameixa ou a um damasco, sendo vendida em conserva, após ficar muito tempo maturando.

A nutricionista

Na receita tradicional, costuma-se mergulhar a fruta em chá verde e depois bebê-la. O problema é que o ingrediente é muito azedo, pior que limão. O umezuke é a versão mais amena do umeboshi, mas nem por isso é fácil de encarar. Pelo visto, o sabor ruim dessas frutas é o suficiente para curar qualquer ressaca.

Entretanto, misturar o azedo da bebida em um estômago já perturbado pode causar ainda mais dores. Logo, talvez seja melhor nem tentar.

5. O Katerfrühstück alemão

Não é difícil ficar de porre na Alemanha, afinal o país é conhecido por suas cervejas tradicionais. Pois, no dia seguinte, você deve se preparar para tomar o “café da manhã da ressaca” (Katerfrühstück, em alemão). Nele, é servido um “saboroso” prato de rollmaps – arenque cru enrolado em pedaços de pepino e cebola. Pelo visto, os alemães levam o conceito de sushi muito a sério.

Alemania

Enquanto você está sofrendo do que os alemães costumam chamar de o “lamento dos gatos”, pensar em peixe cru e com aparência estranha pode ser o suficiente para embrulhar o estômago e botar tudo pra fora.

6. A deliciosa receita canadense

Ficar de ressaca não deve ser muito ruim no Canadá. Por lá, eles costumam curar o mal-estar com uma tigela repleta de poutine, uma especiaria feita com batatas fritas grossas junto com pequenos pedaços de queijo-coalho canadense, mergulhados em um delicioso molho preparado a partir de grãos de pimenta-doce.

Eater

7. O pênis de touro siciliano

Na Sicília, os bêbados têm uma receita um tanto corajosa: pênis seco de touro. Simples assim. Mesmo que agora esteja um pouco em desuso, antigamente os sicilianos costumavam mastigar um pênis de touro inteirinho. Eles acreditavam que, dessa maneira, além de curar a ressaca, eles conseguiriam restaurar a sua vitalidade.

Zooplus

8. Boneca de rolha de garrafa

No Haiti, a culpa da ressaca não é do bebum, mas sim da garrafa. Para curar a ressaca, os haitianos costumam fazer uma “boneca de vodu” com a rolha da bebida que os deixou bêbados na noite anterior. Depois, eles espetam 13 agulhas na cabeça preta do objeto. O problema é quando a garrafa possui tampa, em vez de rolha.

9. Os pulmões de ovelha da Grécia Antiga

Se em Roma se costumava comer passarinho frito, na Grécia a cura era muito mais espantosa. Por lá, os gregos antigos tentavam curar a ressaca com dois ovos de coruja e pulmões de ovelhas – uma iguaria borrachuda e com sabor um tanto peculiar.

Brasil universo digital

10. Enterra, que passa

Na Irlanda, há uma lenda quase infalível para curar a ressaca: basta se enterrar até o pescoço na areia molhada da beira de um rio. Como o país é um local um tanto gelado, o efeito proporcionado deve ser semelhante ao de um banho frio. Logo, é provável que o bêbado acorde rapidamente, mas não há comprovações de que isso possa curar as dores de cabeça e a sensação de náusea.

Booksports

Além disso, é muito perigoso ficar enterrado até o pescoço na beira do rio. Seria essa uma brincadeira de mau gosto de algum amigo troll?

11. Não perdoam nem os pobres rinocerontes

No Vietnã, as pessoas costumam moer chifres de rinocerontes e fazer chá com eles. Acredita-se que essa mistura cure praticamente tudo, até mesmo alergias, câncer e AIDS. Claro que isso não funciona – parece mais aquelas pomadas milagrosas vendidas por aqui no Brasil. Além disso, os rinocerontes já estão se tornando extintos em quase todos os lugares do mundo. Enfim, é melhor aguentar uma ressaca do que sair por aí matando animais indefesos.

Taringa

12. Um novo intestino

Se você está com problemas no estômago, nada melhor do que um novo, não é mesmo? Na Turquia, o povo costuma tomar uma sopa de tripas com cebola e alho, visando assim prevenir possíveis ressacas. O gosto não deve ser dos melhores — logo, uma dor de cabeça pode até parecer moleza se comparada ao sabor de vísceras.

13. Fica de olho

Na Mongólia, a ressaca é curada de um jeito estranho e curioso: basta tomar um suco de tomate com dois olhos de ovelha em conserva. Nem é preciso falar do gosto do coquetel, mas pensar na mistura já é de embrulhar o estômago. Vai ver que, depois de engolir tudinho, eles acabam botando os bofes pra fora.

Electramag

14. Os reis da ressaca

Pelo visto, os Estados Unidos são os reis da ressaca. Por lá, eles possuem uma série de receitas que ajudam a curar a bebedeira e devolvem um pouco o vigor no dia seguinte. Uma delas é o Prairie Oyster, um coquetel que inclui molho inglês, molho picante, sal, pimenta e ovo cru. Os acompanhamentos incluem uma dose de vodca, ketchup, suco de tomate ou vinagre.

Segundo a BBC, os índios americanos consideram que o melhor remédio para curar a ressaca é fazer uma corrida puxada e suar muito. Depois, é só lamber o próprio suor, bochechar e cuspir. Embora o suor deva servir para remover as toxinas do corpo, o gostinho salgado não deve ser um grande atrativo.

Em Las Vegas, as coisas são mais divertidas. Lá existe um ônibus especial chamado Hangover Heaven. Nele, os passageiros dão uma volta pela cidade enquanto uma equipe especializada aplica uma série de fluidos, vitaminas e outros suplementos para curar a ressaca.

Komo News

Por sua vez, os Ovos Benedict também são uma saborosa receita para curar a ressaca. Diz a lenda que, no final do século 17, uma socialite esbanjou na festança. No dia seguinte, ela solicitou que o restaurante do Waldorf-Astoria preparasse um sanduíche especial com ovos cozidos, presunto e molho holandês, tudo isso em cima de um muffin inglês.

Já no faroeste, os cowboys tinham uma receita mais nojenta: chá de fezes de coelho. Era só pegar as bolinhas e misturar com um pouco de água quente. Mais uma vez, o gosto ruim é usado para curar a ressaca.

15. Um chá mágico

No Equador, as pessoas costumam tomar um chá feito a partir do orégano. Acredita-se que a erva seja muito boa para acalmar o estômago e retirar a sensação de enjoo. Em quíchua, uma antiga língua falada por algumas tribos da América do Sul, a ressaca é chamada de “chuchaqui”. Ao que parece, os problemas de ressaca datam desde a Antiguidade.

16. Uma sopa feita especialmente para isso

Na Coreia, as barraquinhas e os carrinhos de rua costumam vender a “haejangguk”, que pode ser traduzida como “sopa para remover a ressaca”. A receita leva uma mistura de sangue de boi coagulado, repolho, vegetais e ossos de vaca e da espinha do porco.

Goinout

17. Beber para curar

Na Dinamarca, a receita para curar a bebedeira é tomar mais uma cerveja — mas não qualquer uma: é a “cerveja curadora” (Reparationsbajer, em dinamarquês). Segundo o fabricante, a bebida à base de malte é capaz de sarar até mesmo a pior das ressacas e devolver o ânimo do dia seguinte.

99 Botles

E você, conhece alguma receita infalível para curar a ressaca? Compartilhe suas dicas com a gente.

*Publicado em 21/07/2014

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.