Descubra 11 histórias desconhecidas a respeito da vida de John Lennon
211
Compartilhamentos

Descubra 11 histórias desconhecidas a respeito da vida de John Lennon

Último Vídeo

Você não precisa ter vivido nos anos 60 para saber que The Beatles foi – e é – uma das bandas mais importantes do mundo. Os Reis do iê iê iê, como também são conhecidos, arrancaram suspiros das fãs que os ouviam no rádio, em casa; e gritos das mesmas fãs que tiveram o prazer de assistir aos shows para lá de movimentados do quarteto de terninho.

Paul McCartney, George Harrison, Ringo Starr e John Lennon eram quatro meninos de Liverpool que decidiram criar uma banda e, a partir dali, nada mais os parou nem superou. Anos depois, a banda acabou se separando e cada Beatle seguiu um caminho diferente.

Um dos nomes mais polêmicos e comentados sempre foi o de John Lennon, principalmente depois do início de sua relação com Yoko Ono, uma das mulheres mais odiadas de todos os tempos – muitos acreditam que ela é a causa da separação da banda.

Lennon foi assassinado há quase 34 anos, mas sua história é sempre lembrada, principalmente por suas visões políticas. Mesmo assim há muita coisa que você talvez não saiba a respeito do ex-Beatle, como as curiosidades que você vai ver a seguir:

1 – Cantor de coral e escoteiro

Fonte da imagem: Reprodução/Topomania

Sim, o líder dos Beatles começou sua carreira musical cantando na igreja de São Pedro, em Liverpool, além, é claro, de ter sido membro de um grupo de meninos escoteiros.

2 – Motorista

Fonte da imagem: Reprodução/doorsixteen

Entre os membros da banda, Lennon foi o último a aprender a dirigir, tendo conseguido sua licença apenas aos 24 anos, isso porque, na verdade, ele era um motorista muito ruim e acabou desistindo dos volantes depois de sofrer um acidente com Yoko, seu filho Julian e a enteada Kyoko. Após o acidente, ele contratou um motorista e não pegou nos volantes novamente.

3 – Não vegetariano

Fonte da imagem: Reprodução/Ringofstars

George Harrison foi o primeiro membro da banda a se tornar vegetariano, em 1965. Depois dele, Paul McCartney adotou o estilo de vida e, por motivos de saúde, Ringo Starr também. Lennon, no entanto, evitava comer carne, mas de uma forma ou de outra acabava ingerindo esse tipo de alimento. Então, ao contrário do que muitos pensam, nem todos da banda eram vegetarianos.

4 – Briga

Bob Wooler à esquerda, apresentando a banda. Fonte da imagem: Reprodução/Stevehoffman

Você sabe que Lennon foi um cara da paz, que falava a respeito de igualdade de direitos, amor, liberdade e esperança. É por isso que uma história extremamente violenta envolvendo o líder dos Beatles vai deixar você de queixo caído.

Bob Wooler era um amigo íntimo da banda, discotecário e também o cara que geralmente chamava os Beatles ao palco, ou seja... Uma pessoa importante. No início da década de 60 vários rumores a respeito da sexualidade de John corriam em todos os cantos e, durante a festa de aniversário de 21 anos de Paul em 18 de junho de 1963, Wooler disse, em tom de deboche, algo como “vamos lá, John, o que realmente aconteceu entre você e Brian? Todo mundo sabe, de qualquer forma, então conte para a gente”.

Lennon, que tinha fama de beber e ficar violento, já estava bastante embriagado e não gostou nada da brincadeirinha. Sua resposta foi muito violenta, jogando Wooler no chão e o atingindo com socos e chutes principalmente nas costelas. O próprio John falou a respeito depois e, segundo ele, no momento em que percebeu que poderia ter matado Wooler, parou com a agressão.

“Eu percebi que iria realmente matá-lo... Eu simplesmente vi isso como em uma tela... Eu entrei em choque e pela primeira vez eu pensei ‘eu posso matar esse cara’”, disse Lennon em uma entrevista. Wooler foi levado ao hospital, com várias fraturas nas costelas e outros ferimentos graves. Por sorte dele e dos Beatles, acabou sobrevivendo.

5 – Autocrítica

Fonte da imagem: Reprodução/4beatles

Cantor e compositor, Lennon odiava sua própria voz e pedia frequentemente ao produtor da banda, George Martin, para tentar apagá-la das gravações.

6 – Insatisfação

Fonte da imagem: Reprodução/Tripadvisor

Não era apenas a própria voz que John odiava. Ele nunca gostou de verdade das músicas da banda que teve e, depois do fim dos Beatles, Lennon comentou com o produtor Martin o seu desejo interno de poder regravar todas as músicas da banda. Martin, estupefato, perguntou: “até mesmo Strawberry Fields?”. John respondeu: “especialmente Strawberry Fields”.

7 – Joguinho

Fonte da imagem: Reprodução/Diytheme

Para onde quer que fosse, Lennon levava seu tabuleiro de Banco Imobiliário, seu jogo favorito. Ele gostava tanto que não se importava em perder.

8 – Cochilo mórbido

Fonte da imagem: Reprodução/Lastfm

Lennon apreciava caixões e frequentemente tirava algumas sonecas em um caixão velho que um amigo tinha em uma cafeteria.

9 – Melhor música

Fonte da imagem: Reprodução/wikipedia

Uma vez, questionado sobre qual teria sido sua melhor composição, Lennon respondeu: “essa é fácil: All You Need is Love”.

10 – Adeus

Fonte da imagem: Reprodução/wikipedia

A última fotografia de Lennon vivo é justamente a do momento em que ele dá um autógrafo a Mark David Chapman, o homem que tiraria a sua vida algumas horas depois. Lennon foi cremado no dia seguinte à sua morte e Yoko nunca revelou o destino das cinzas.

11 – John e Paul

Fonte da imagem: Reprodução/Flickr

A última vez que os dois amigos se encontraram foi em 1976, quando Paul fez uma visita a John. Os dois estavam no apartamento de Lennon assistindo Saturday Night Live, um programa de TV bastante conhecido nos EUA. O apresentador ofereceu US$ 3 mil para que os Beatles fossem ao programa. Os dois quase chamaram um taxi, mas acabaram desistindo.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.