Estes 3 caras malucos estavam convencidos de que eram Jesus Cristo
284
Compartilhamentos

Estes 3 caras malucos estavam convencidos de que eram Jesus Cristo

Equipe MegaCurioso
Último Vídeo

1 – Arnold Potter

Arnold Potter foi um norte-americano do século 19 que, em um belo dia, chegou à conclusão de que era o messias e passou a se apresentar aos demais como Potter Christ — ou Potter Cristo, em tradução livre. Ele pertencia à Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias e dizia que, durante uma viagem de evangelização à Austrália, passou por uma experiência transcendental na qual o espírito do Nazareno havia entrado em seu corpo.

Olha a cara de Potter Christ

Ao voltar para os EUA, Potter Christ conseguiu conquistar um número razoável de seguidores e, segundo os relatos, ele costumava caminhar pelas ruas acompanhado de seus discípulos e vestindo uma túnica branca — enquanto pregava que era o escolhido. E Potter realmente devia pensar que era a encarnação de Jesus, pois, em 1872, ele anunciou que havia chegado a hora de ascender ao Reino dos Céus.

Então, montado em um burro, Potter Christ seguiu até a beira de um penhasco. Depois ele desmontou o animal, anunciou aos seus seguidores que iria para o paraíso e deu um passo adiante. É claro que o “messias” não foi para o andar de cima, mas despencou lá para baixo.  No fim, os discípulos (certamente decepcionados!) tiveram que resgatar o corpo de Potter, que foi cremado e enterrado sem muita pompa na Califórnia.

2 – Ernest Norman

Conterrâneo de Potter Christ, Ernest Norman foi um engenheiro elétrico que, em meados dos anos 50, decidiu dar um tempo na eletricidade e fundar a Academia de Ciência Unarius — focada em desenvolver a ciência interdimensional da vida baseada nos princípios físicos da quarta dimensão. Não entendeu? Nem tente... A coisa fica ainda mais maluca!

Será que o engenheiro levou algum choque?

Norman também acreditava que era uma reencarnação de Jesus Cristo — mas decidiu adotar a identidade de Rafael, um anjo que havia vindo do céu para pregar a ideia de que os seres humanos reencarnavam incontáveis vezes aqui na Terra e em outros planetas. Aliás, as mensagens de Rafael eram apoiadas por sua esposa, Ruth, que não ficava muito atrás de Norman no quesito maluquice!

Ela dizia que era um arcanjo chamado Uriel capaz de se comunicar telepaticamente com residentes de 33 planetas. E isso não era tudo: Ruth ainda acreditava que era a reencarnação de Maria Madalena. Bem, essa dupla pra lá de interessante conseguiu atrair cerca de 150 mil membros para a Unarius — que estavam convencidos de que Norman era Jesus Cristo reencarnado na pele de um anjo.

Ruth Norman. Ou melhor, Arcanjo Uriel

Os integrantes da Academia Unarius acreditavam que 33 espaçonaves viriam um dia resgatar os seguidores. Infelizmente, Norman faleceu em 1971, mas Ruth assumiu o comando da “nave-mãe” e começou a fazer previsões sobre a data do arrebatamento alienígena. Evidentemente, os extraterrestres nunca apareceram, e, após o falecimento de Ruth em 1993, a Academia Unarius decidiu se dedicar ao estudo da energia espiritual.

3 – Krishna Venta

O nome real de Krishna Venta, o cara da imagem acima, era Francis Heindswater Pencovic e, antes de se autoproclamar como messias e encarnação de Jesus, ele era um ladrão e trapaceiro que agia em Simi Valley, na Califórnia, nos anos 40. Segundo Francis, sua vida mudou no dia em que o espírito de Cristo entrou em seu corpo — depois de o Nazareno voltar de um planeta chamado Neophrates em um foguete acompanhado de Adão e Eva.

Krishna Venta

Após a “possessão”, Francis virou Krishna Venta, passou desfilar com a barba e os cabelos longos, vestir túnicas, fundou uma seita e conquistou mais de 140 mil seguidores. Ele começou a dizer que haveria uma guerra armada pelas ruas dos EUA — iniciada pelos soviéticos —, e que ao final do conflito ocorreria um Armagedom nuclear. Mas seus discípulos não tinham com o que se preocupar, pois Venta mostraria a eles onde eles deveriam se esconder.

Entretanto, no final da década de 50, alguns dos seguidores de Venta começaram a acusar o messias de estar desviando dinheiro da organização e de estar... passando tempo demais com suas esposas. Então, esses caras descontentes se reuniram, pegaram 20 bananas de dinamite e fizeram a Igreja fundada por Venta — com Venta e outros nove membros da seita dentro! — voar pelos ares.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.