(Fonte da imagem: Reprodução/Oddity Central)

Segundo uma notícia publicada pelo site Oddity Central, Pascal Miche, um vinicultor belga radicado em Quebec, no Canadá, decidiu montar uma vinícola diferente e comercializar vinho fabricado com tomates. E, de acordo com a publicação, parece que o negócio de Miche está dando bastante certo, já que suas vendas chegam a 34 mil garrafas por ano!

Para produzir o Omerto, como o vinho é chamado, Miche testou 16 diferentes variedades de tomate até encontrar a que melhor se adaptou ao solo, altitude e condições climáticas de Quebec. Além disso, assim como todo vinicultor que se preze, o belga somente seleciona os melhores tomates para produzir a bebida.

A fabricação do vinho de tomate segue o mesmo procedimento empregado com as uvas, ou seja, as frutas são esmagadas, fermentadas e prensadas em um processo que leva aproximadamente 9 meses para ser finalizado, da colheita ao engarrafamento. E, de acordo com os enólogos, o Omerto é ideal para ser harmonizado com pratos apimentados e sobremesas, graças ao sabor adocicado, com notas cítricas e frutais.

Fontes: Oddity Central e Omerto