Rapunzel da vida real: a mulher que tem os maiores dreads do mundo
161
Compartilhamentos

Rapunzel da vida real: a mulher que tem os maiores dreads do mundo

Último Vídeo

Rapunzel? Sansão? Se considerarmos a Rapunzel das tranças imensas, capazes de servir como corda, perfeito. Quanto ao Sansão, se pensarmos no personagem bíblico que acreditava que sua força estava em seu cabelo, a definição cabe também. Mas a verdade é que vamos contar a história de uma senhora de 50 anos, Asha Mandela, que ostenta os dreads mais longos do mundo em seus cabelos de 18 kg.

Asha é casada, tem filhos, vive em Atlanta, nos EUA, e não corta seus cabelos há 25 anos, desde que, segundo ela, começou a ter sonhos e visões. Os dreads fazem parte do que ela acredita ser uma reconstrução da própria vida. Por ser uma pessoa de passagem não muito discreta, Asha já é conhecida e tem, ao redor do mundo, uma legião de fãs que a consideram uma lenda viva.

Cuidados

Fonte da imagem: Reprodução/DailyMail

Quando precisa sair, Asha acomoda seu cabelo em um manto – o mesmo usado por mães que carregam seus bebês junto ao corpo –, chamado sling. Além disso, ela afirma que lava os cabelos uma vez por semana e os hidrata com óleos naturais – leva dois dias para que tudo fique completamente seco.

Asha já teve momentos complicados com relação à sua saúde, incluindo dois ataques cardíacos, dois Acidentes Vasculares Cerebrais (AVC) e até mesmo câncer. Ela precisou fazer uma cirurgia de retirada das duas mamas nos anos de 1990, além, é claro, de quimioterapia, um tratamento conhecido por seus efeitos colaterais, sendo que um deles é a queda de cabelo. Asha, porém, não perdeu seus fios. Talvez daí venha a sua crença de que seu cabelo seja a sua força: “se eu o cortasse, seria um zumbi”, declarou ela ao portal Daily Mail.

O “bebê”

Fonte da imagem: Reprodução/DailyMail

Durante seu tratamento, Asha fez alguns nós em seu cabelo, com medo que eles pudessem cair. Foi só em 2009 que ela, com a ajuda de uma cabeleireira especializada em dreads, desenrolou os fios – e então ela teve a noção do quanto seu cabelo havia crescido nos últimos anos. Neste mesmo ano ela foi nomeada pela segunda vez como a dona dos maiores dreads do mundo, pelo Livro dos Recordes e, já que a categoria não existe mais, ela é a primeira e única pessoa a receber o título.

O cabelo de Asha mede quase 6 metros de comprimento, sendo que ela tem um dread que quase chega aos 17 metros. A cabeleira, chamada por Asha de “meu bebê” pode até protegê-la, de algum modo, mas, por outro, tem suas desvantagens: médicos afirmam que ela tem problemas sérios de postura devido ao peso dos cabelos. Ela corre o risco, inclusive, de ficar paralisada, caso sua espinha se curve ao ponto de ter espasmos. Ainda assim, ela afirma que nunca cortará os cabelos. 

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.