Descubra qual é a quantidade mortal de alguns alimentos e bebidas
993
Compartilhamentos

Descubra qual é a quantidade mortal de alguns alimentos e bebidas

Último Vídeo

Estamos familiarizados com a ideia de que alguns elementos, como o mercúrio, são altamente tóxicos e podem nos matar. O que não passa muitas vezes pela nossa cabeça é que alguns itens extremamente comuns do nosso cotidiano, se consumido em altas doses, podem acabar com a nossa vida também.

A galera do canal Asap Science fez dois vídeos sobre esse tema, relacionando a quantidade de alimentos, bebidas e outros produtos que podem matar uma pessoa, e se você também tem esse tipo de curiosidade meio mórbida, confira a seguir:

  • 70 copos de café têm cafeína o suficiente para matar de insuficiência cardíaca uma pessoa que pese 70 quilos, sabia?
  • No caso das bebidas alcoólicas destiladas, a coisa é realmente perigosa: 13 shots é a quantidade suficiente para que uma pessoa vá dessa para melhor. Isso acontece porque o álcool é um depressor do nosso sistema nervoso, e altas doses dele podem simplesmente desligar algumas áreas do cérebro que são responsáveis por funções como respirar e manter o coração batendo;
  • Até mesmo a água em excesso pode matar. Nesse caso, são necessários seis litros de água, que fazem mal às células do cérebro, provocando enxaquecas, convulsões a até o coma.

  • Se você está mergulhando, é melhor não ficar com a cabeça embaixo d’água por muito tempo – são necessários apenas quatro minutos sem respirar para que seu cérebro já seja prejudicado, e em seis minutos é bem provável que você morra. É claro que algumas pessoas conseguem quebrar recordes e ficar embaixo da água por mais tempo, mas é melhor você não tentar fazer o mesmo que elas;
  • Sabe o que mais pode te matar? Sementes de cereja! Não é um grande problema engolir uma semente de vez em quando, mas se você morder uma delas, vai acabar ficando exposto a uma quantidade bizarra de cianeto, que, em grandes doses, faz com que uma pessoa não consiga absorver oxigênio. Tenso!
  • Acha que chocolate é inofensivo? Até pode ser, a menos que você resolva consumir 85 barras de uma vez só – nesse caso, a quantidade de teobromina pode ser mortal;

  • Falando em drogas, ainda que isso não seja parte do cotidiano de muitas pessoas, a maconha, por exemplo, só coloca a vida de alguém em risco se esse alguém conseguir a proeza de fumar 22 kg da erva. Ainda assim, uma overdose só seria possível com o consumo de 680 kg no intervalo de 15 minutos;
  • Quem curte ouvir música em volume alto deve atentar para os decibéis da barulheira: sons acima dos 185 decibéis podem fazer com que seus pulmões explodam ou que entrem em processo de embolia;
  • Sons altos também nos impedem de dormir, e se você já quis saber quanto tempo uma pessoa aguenta sem dormir, a resposta é: 11 dias – depois disso, é morte na certa;
  • Se você gosta de apimentar suas refeições, cuidado para não exagerar: 129 colheres de pimenta moída é a dose mortal desse tipo de tempero;
  • A noz-moscada, por outro lado, pode provocar convulsões, palpitações e até a morte se alguém consumir mais de duas colheres das de chá dessa especiaria;

  • Morrer de açúcar também é possível: são necessários 10,5 copos ingeridos de uma vez para que uma pessoa de 68 kg bata as botas;
  • Ingerir 24 tubos de pasta de dente é também uma forma bizarra de morrer;
  • No caso do Botox, 68 nanogramas do produto já podem provocar a morte de uma pessoa, graças à toxina botulínica, que paralisa os músculos;
  • Sabia que é possível ter uma overdose de vitamina C? Isso, claro, se você conseguir o grande feito de consumir 11 mil laranjas de uma vez só!
  • Para morrer em decorrência de exames de raio-x, uma pessoa precisa se submeter a 7.143 exames da parte abdominal;
  • Se uma pessoa conseguir comer 480 bananas, ela pode morrer por intoxicação de potássio. Possivelmente seu estômago explodiria antes de ela conseguir comer tudo isso.
Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.