Phillip Morris diz que pretende parar de vender cigarros – entenda
665
Compartilhamentos

Phillip Morris diz que pretende parar de vender cigarros – entenda

Equipe MegaCurioso
Último Vídeo

A gigante Phillip Morris, responsável pela produção de cigarros como Marlboro, L&M e Parliament, divulgou um comunicado que chamou a atenção de consumidores e curiosos: ao que tudo indica, a marca agora vai se focar na produção de itens livres de tabaco.

O comunicado promete uma linha de produtos que são “uma escolha muito melhor do que fumar cigarros”. A aposta, especialmente em alguns países da Europa, é de que vaporizadores substituam os cigarros tradicionais: “Nossa ambição é parar de vender cigarros no Reino Unido”, decretou a marca.

De acordo com o pronunciamento, a mudança tem a ver com uma preocupação com a saúde dos consumidores: “A sociedade espera que nós atuemos com responsabilidade, e nós estamos fazendo exatamente isso ao projetar um futuro livre de fumaça”.

Prós e contras

Ainda que a intenção pareça positiva, o anúncio não citou os danos à saúde que os cigarros eletrônicos também provocam. A Organização Mundial da Saúde já alertou para o fato de que esse tipo de cigarro produz aerossóis com nicotina e outros elementos químicos.

“A indústria do tabaco e seus grupos de frente têm conduzido erroneamente o público sobre os riscos associados a outros produtos com tabaco”, disse o porta-voz da OMS em uma declaração publicada no USA Today. A Organização afirma, ainda, que não se pode concluir que esse tipo de cigarro é menos prejudicial do que o antigo – nós já falamos sobre os riscos do cigarro eletrônico aqui.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.