Holanda enfrenta contratempo com alta quantidade de estrume
114
Compartilhamentos

Holanda enfrenta contratempo com alta quantidade de estrume

Último Vídeo

A primeira coisa que vem à cabeça quando pensamos na Holanda é a visão de uma bicicleta, passando em frente a um moinho, com uma vaca ao lado. Isso não é por mero acaso, pois o país tem uma cultura culinária que preza muito pelos laticínios.

1

A Holanda é o quinto maior exportador do mundo de laticínios, com cerca de 1,8 milhão de vacas leiteiras. Além da questão econômica, grande parte dessa produção se deve ao apreço intenso da população, que consome em média 25% a mais de derivados do leite do que americanos, britânicos ou alemães.

Excessos nunca são bons, e esses altos números estão criando um problema bem inesperado. Uma grande quantidade de animais gera um volume considerável de estrume, e agora fazendeiros estão com dificuldade para descartar o material. Existem normas rígidas na União Europeia sobre o destino dos resíduos, como forma de evitar a contaminação de águas subterrâneas.

Diante dessa situação, 80% das criações despejam o excremento em áreas proibidas, pois apesar de pagarem altas somas em dinheiro para garantir que tudo vá para o lugar correto, o volume é muito grande. Outro revés é a contaminação do ar, causada pelos altos níveis de amônia emitidos durante a decomposição do estrume.

Medidas drásticas

Como forma de tentar evitar um colapso de estrume, o governo está pagando para que os fazendeiros reduzam o número de animais, o que, em consequência, diminuirá os resíduos. Entidades de proteção do meio ambiente também estão se mobilizando para que isso ocorra, de modo que a Holanda possa cumprir as metas estabelecidas no Acordo de Paris, sobre as mudanças climáticas.

2

Criou-se aí um conflito de interesses nacionais, pois o país é conhecido pelos laticínios e pelo cuidado com o meio ambiente. Considerando isso e os efeitos econômicos que uma redução drástica na produção poderia causar, o governo liberou verba para o desenvolvimento de um sistema para utilização do material. Ele trabalharia com o estrume como matéria-prima na produção de gás natural, que seria vendido para o estado por um preço fixo.

Através dessas medidas, todos esperam resolver o problema, pois a fabricação de laticínios é vital para a economia dos holandeses.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.