5 mitos e verdades sobre a doação de sangue
47
Compartilhamentos

5 mitos e verdades sobre a doação de sangue

Equipe MegaCurioso
Último Vídeo

Doar sangue é um dos atos mais humanitários que existe no mundo e, embora seja tão simples, faz bastante diferença na vida de muitas pessoas. Doando sangue você pode ajudar salvar centenas de vidas e se tornar mais um herói para muitos. Porém algumas pessoas possuem muitas dúvidas sobre diversas coisas que ouvem a respeito da doação de sangue, já que não sabem se é verdade ou se tudo não passa de um mero mito.

Veja abaixo os mitos e verdades sobre a doação de sangue e veja que fazer o bem pode é tão difícil quanto você pensava.

1. Tem que estar em jejum para poder doar sangue

Isso não passa de um mito. Na realidade você deve estar muito bem alimentado e de preferência consumir alimentos ricos em vitaminas para que você possa enriquecer o seu sangue com substâncias saudáveis. Antes de doar, faça uma boa alimentação, consumindo cenoura, beterraba, tomate, alface e outros alimentos saudáveis. Você também pode beber bastante água para que o seu sangue possa aumentar mais na hora de doar.

comida

2. Pode doar sangue todo os meses

Não se pode doar sangue todo mês porque isso pode ser prejudicial à sua saúde. O ideal é fazer a doação e dar um intervalo de dois meses para os homens, já as mulheres devem esperar 90 dias para doar novamente. Dessa forma o seu organismo poderá se recuperar pela solidariedade que você fez.

calendário

3. O doador pode transmitir doenças

Sim, isso é verdade. Se o sangue não for bem avaliado pelos especialistas, as pessoas que receberem o sangue de um doador que tenha algum tipo de doença passada através do sangue poderão se contaminar. Por isso, é necessário que doador seja muito sincero ao dizer se possui ou não alguma doença e, se caso ele não souber de sua enfermidade, o sangue coletado sempre passa por análises que verificam se está saudável para ser doado ou não.

sangue

4. Diabéticos não podem fazer doação de sangue

Isso é um fator que depende muito do doador. Se a diabetes estiver controlada com uma alimentação saudável e não apresentar alterações vasculares, pode ser doado o sangue sem problema algum. Caso o diabético faça o uso de insulina, ele não poderá doar.

diabetes

5. Quem tem tatuagens e piercings não pode doar sangue

Isso é um mito. Quem tem piercings e tatuagens podem doar sangue sim, mas precisam esperar algum tempo após ter feito os tais procedimentos para não correr o risco de doar sangue contaminado. Essa espera dura cerca de seis meses até um ano, pois esses procedimentos, de furar a pele e de utilizar agulhas para fixar a tatuagem, podem causar transmissão de doenças. Passado o tempo necessário, a pessoa pode doar quando ela quiser.

tatuagem

***

Essas são as dúvidas mais comuns sobre doação de sangue e agora você já sabe o que são mitos e verdades. Está preparado para praticar uma boa ação?

*Via assessoria

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.