Cirurgia para “crescer” pode ser a nova febre entre homens baixos

Cirurgia para “crescer” pode ser a nova febre entre homens baixos

Último Vídeo

Além das famosas cirurgias estéticas de nariz, orelha e silicone, uma nova prática vem movimentando a classe médica desde o ano passado e promete garantir alguns centímetros a mais para homens baixos. A promessa é do Instituto LimbPlastX, de Las Vegas, e vem conquistando a internet após a divulgação de um de seus resultados.

Fonte: Oddity Central/ Reprodução: Instituto LimbPlastX

Segundo um dos responsáveis pela clínica, Kevin Debiparshad, o procedimento oferecido por nada menos do que 75 mil dólares recebeu 30 homens apenas no último ano. Menos invasiva do que as metodologias anteriores realizadas na Flórida, nas quais as pernas eram “quebradas” para que os médicos pudessem acrescentar alguns centímetros, a nova cirurgia prevê a inserção de pedaços extraídos dos ossos do fêmur ou da tíbia na parte oca dos ossos da perna através de um dispositivo fixado com parafusos que ajudam a travar a posição ideal.

Como funciona?

Diferentemente dos outros procedimentos, essa parte dos ossos é inserida na cirurgia em um dispositivo alocado dentro da perna, e através do uso de um controle externo, o paciente poderá, gradativamente, controlar o seu crescimento, é claro, com auxílio de algumas sessões de fisioterapia inclusas no mesmo valor. Debiparshad reforça ainda que o procedimento que dura pouco mais de uma hora não é instantâneo e os resultados costumam ser mais aparentes após cerca de um ano.

Já com agendamentos para 2020, o instituto que recebeu em média 90% de solicitações masculinas para esta cirurgia, acredita que a opção possa tornar-se tão comum quanto outros procedimentos estéticos. A promessa é que o ganho possa chegar até 15 centímetros.

Será que a moda pega aqui no Brasil?

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.