Seja o primeiro a compartilhar

Do que é realmente feito o Red Bull?

Sono, cansaço ou apenas precisa dar ‘um gás’ no trabalho? As bebidas energéticas parecem ser a solução ideal para essas situações, não é mesmo? Mas o segredo dessa magia está escondida na lista de ingredientes combinados na lata e que ‘dão asas’ a quem abrir o lacre. Confira quais são eles: 

O energético Red Bull patrocina diversos esportes em todo mundo para reforçar a imagem de desempenho (Fonte: Emperornie/Reprodução)
O energético Red Bull patrocina diversos esportes em todo mundo para reforçar a imagem de desempenho (Fonte: Emperornie/Reprodução)

O primeiro ingrediente listado é o que existe em maior quantidade, e nesse caso é água gaseificada. Em seguida vem a sacarose e glicose, que dão a doçura característica do energético. A empresa afirma que o açúcar do Red Bull vem da beterraba, mas isso não anula o fato de uma lata conter 27 gramas da substância. A Organização Mundial da Saúde recomenda o consumo de apenas 25 gramas diários para uma dieta saudável. 

Fonte de energia

Outras substâncias incluem a taurina, um aminoácido que pode ser considerado o responsável pela energia extra do produto, e juntamente com a cafeína, que  pode melhorar o desempenho mental. 

As vitaminas B também estão entre os ingredientes, e têm uma função importante na melhora da energia. A B3 tem propriedades anti-inflamatórias, a B5 ajuda a metabolizar proteínas, gorduras e carboidratos, a B6 regula o nível de glicose no sangue e participa da síntese de neurotransmissores e a B12 estimula a produção de glóbulos vermelhos e oxigenação do corpo. 

O ácido cítrico é um conservante com sabor azedo que mantém e prolonga a vida útil do produto. O bicarbonato de sódio supostamente melhora o desempenho físico, mas ainda é preciso mais pesquisas que comprovem esse efeito. O carbonato de magnésio atua como regulador de acidez e ajuda a manter a cor de bebidas e alimentos. Os aromatizantes e o corantes são segredo comercial, mas há médicos que defendem que essas substâncias não fazem mal à saúde.  

O fabricante recomenda a mistura apenas com sucos naturais para compor drinks. (Fonte: Red Bull/Divulgação)
(Fonte: Red Bull/Reprodução)

Em suma, a lista de ingredientes de um Red Bull não são diferentes de substâncias que já temos em nosso corpo ou que costumamos ingerir normalmente. O alerta feito por médicos e organizações é sobre a união dos itens, que pode gerar um resultado perigoso à saúde. 

Em uma lata existem mil miligramas de taurina e 80 de cafeína, que combinados com o açúcar, tornam o drink um risco à dieta saudável. Talvez uma boa xícara de café preto ainda seja a melhor solução para o coração e para a falta de energia. 

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.