Hora da caminhada: descubra 8 benefícios desse exercício simples
544
Compartilhamentos

Hora da caminhada: descubra 8 benefícios desse exercício simples

Último Vídeo

Todo mundo sabe que andar faz bem à saúde – e à mente também – e é um exercício prático e de fácil realização. O que você talvez não saiba é que caminhar tem alguns benefícios bem peculiares, que vão bem além de emagrecer ou deixar as pernas mais firmes. O pessoal da Modern Nature Network listou uma série de vantagens de uma boa caminhada. Confira:

1 – Andar previne o diabetes

Alguns estudos já indicam que pessoas que caminham frequentemente têm menos chances de desenvolver diabetes tipo 2. Uma pesquisa realizada na Grã-Bretanha descobriu que pessoas que mantêm ritmos acelerados de caminhada, mesmo quando têm pré-disposição genética para adquirir diabetes tipo 2, apresentam níveis saudáveis de insulina.

2 – Melhora sua vida sexual

A prática de atividades físicas inevitavelmente melhora o desempenho sexual, mas um levantamento recente, feito com mulheres entre 45 e 55 anos, revelou que aquelas que praticavam caminhadas em ritmo rápido tinham mais desejo e mais satisfação sexual do que aquelas que não caminhavam. Dica valiosa, hein!

3 – É uma atividade econômica

Se você só estava esperando algum estímulo extra para caminhar, pense pelo lado financeiro da coisa: sair andando por aí não custa nada. Se não está sobrando grana para a mensalidade da academia, isso não quer dizer que você não pode fazer uma atividade física. Caminhar pelo menos 150 minutos por semana em um ritmo moderado faz com que seus níveis de stress diminuam. Além disso, o exercício é ótimo na prevenção de doenças cardíacas. Para caminhar em um bom ritmo, calcule 100 passos por minuto.

4 – Não gosta de tomar remédio? Então ande!

Cientistas norte-americanos descobriram mais uma vantagem de caminhar. Depois de analisar dados clínicos de 32 mil mulheres e 8 mil homens, eles constataram que aquelas pessoas que andavam frequentemente eram as que menos tomavam remédios.

5 – Recomendado para quem sofre com a fibromialgia

As dores da fibromialgia são fortes e constantes – essa condição crônica afeta mais de 4% da população mundial e, entre seus sintomas, os mais conhecidos são as dores, a sensação de cansaço mental e físico. Uma pesquisa realizada com mulheres entre 32 e 70 anos monitorou a questão das dores com base em um programa de exercícios de 18 semanas.

Durante esse tempo elas teriam que caminhar 60 minutos, fazer exercícios físicos leves e alongamentos três vezes por semana. Os resultados mostraram melhoras significativas nas dores e no cansaço mental. As pacientes ficaram menos cansadas e deprimidas. Não custa tentar.

6 – Exercício ideal para as mulheres com câncer de mama

Um estudo publicado no Journal of Clinical Oncology revelou que mulheres que fazem caminhadas regulares depois do diagnóstico de câncer de mama têm 45% mais de chances de sobreviver à doença do que aquelas que não caminham. Já um estudo realizado por cientistas de Yale revelou que aquelas mulheres que faziam caminhadas um ano antes do diagnóstico tinham 30% mais de chances de sobreviver. Ou seja: é um bom tratamento e também uma boa prevenção.

7 – Diminui os riscos de AVC

De acordo com uma pesquisa feita pela Universidade da Carolina do Sul, nos EUA, fazer caminhadas em um ritmo rápido por 30 minutos cinco vezes na semana pode diminuir significativamente as chances de uma pessoa ter um acidente vascular cerebral (AVC).

Os pesquisadores chegaram a essa conclusão depois de acompanhar a vida de 46 mil homens e 15 mil mulheres por 18 anos. Aqueles que praticavam atividades físicas e caminhadas regulares tinham 40% menos de chances de sofrer um AVC.

8 – Mente sã, corpo são

Andar é uma atividade terapêutica que pode fazer bem a quem tem problemas de memória. Pesquisadores italianos avaliaram o quadro clínico de 749 pessoas com problemas de memória e descobriram, depois de quatro anos de acompanhamento, que aqueles que faziam caminhadas regulares e exercícios ao ar livre tinham 27% menos chances de desenvolver algum tipo de demência. Essa conclusão pode estar relacionada com o fato de que fazer atividades físicas melhora o fluxo sanguíneo no cérebro.

***

E aí, você já tinha ouvido falar de todos esses benefícios? Que tal começar a fazer caminhadas? Se você pegar leve no começo e for aumentando o ritmo e o tempo do exercício aos poucos, pode acabar gostando da coisa.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.