Estudo revela preferências internacionais com relação à plástica de mama
12
Compartilhamentos

Estudo revela preferências internacionais com relação à plástica de mama

Último Vídeo

Você já teve a impressão de que a maioria das mulheres com próteses nas mamas têm a “comissão de frente” parecida? Pois a causa disso pode ser o fato de que, dependendo do país onde a cirurgia é realizada, os cirurgiões costumam preferir determinados formatos e tamanhos de seios.

De acordo com Lizzie Parry do Daily Mail, um estudo recente conduzido com 614 profissionais de 29 países revelou que especialistas de diferentes países favorecem determinadas características quando o assunto é definir o seio ideal. Isso significa que, com a alta no “turismo estético”, pacientes que viajam ao exterior para realizar suas plásticas podem não ficar contentes com o resultado.

Paciente virtual

Durante o estudo, os pesquisadores criaram uma plataforma interativa através da qual os cirurgiões podiam ajustar as mamas de uma modelo virtual conforme suas preferências. Assim, os especialistas podiam alterar o tamanho dos seios, mamilos, auréolas etc. Além disso, os profissionais também responderam questionários nos quais informavam suas idades, gênero, etnia, nacionalidade, e se haviam frequentado universidades públicas ou privadas.

Segundo Lizzie, a pesquisa apontou que os cirurgiões franceses, por exemplo, dão preferência para mamas menores, ao contrário dos indianos, que favorecem seios mais avantajados. Além disso, os médicos alemães geralmente optam por auréolas pequenas, enquanto que os especialistas norte-americanos, franceses, indianos e brasileiros são mais inclinados a privilegiar auréolas maiores.

Ainda segundo Lizzie, o estudo indicou que os médicos mais velhos tendem a favorecer mamas menores e auréolas maiores, e que a etnia não parece afetar muito as preferências. Em contrapartida, a localização geográfica desses especialistas tem grande influência na percepção dos ideais de beleza, provavelmente por conta dos aspectos culturais particulares de cada país.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.