Perfeito! Estes 9 hábitos do cotidiano podem fazer você sentir menos dor
42
Compartilhamentos

Perfeito! Estes 9 hábitos do cotidiano podem fazer você sentir menos dor

Último Vídeo

Sentir dor está, certamente, entre as experiências que mais nos desagradam. Felizmente, existem medicamentos que ajudam a aliviar a maioria das dores, mas o que muita gente não sabe é que nem sempre devemos apelar para os remédios mais próximos, até mesmo porque pequenos hábitos cotidianos podem reduzir algumas dores – as dicas que você vai ver a seguir são todas comprovadas cientificamente. Confira:

 1 – Fazer promessas

Pois é, parece bizarro, mas um estudo realizado em 2009 descobriu que quando uma pessoa faz promessas e juramentos, ela tem seus níveis de dor bastante reduzidos. Além disso, fazer promessa melhora o ritmo cardíaco e diminui a percepção de dor – isso só não acontece em homens que vivenciaram algum tipo de experiência traumática, como um acidente de carro.

Ao que tudo indica, quando fazemos promessas, nosso cérebro ativa a região de recompensa e induz uma resposta que anula a conexão entre o medo da dor e a percepção da dor.

2 – Abraçar a si mesmo

Cientistas fazem mesmo de tudo para descobrir como o corpo humano funciona. Um estudo feito em 2011 contou com a colaboração de 20 pessoas, sendo que todas elas receberam choques elétricos doloridos. No final das contas, os pesquisadores perceberam que as que estavam com os braços cruzados na altura do peito, como se estivessem abraçando a si mesmas, foram as que tiveram menos dor – isso acontece porque o cérebro se confunde e não sabe de onde está vindo esse estímulo de toque. Na dúvida, não custa tentar.

3 – Ouvir música

Não que você precise de um estudo científico para ouvir música, mas o barulho que aquela sua banda favorita produz é, sim, capaz de reduzir a dor que você sente, inclusive se tiver passado recentemente por algum tipo de cirurgia. Já se sabe, também, que doentes em estado terminal sentem menos dor quando escutam música.

4 – Cantar

Cante sozinho, no chuveiro, na cozinha, na rua, no karaokê com os amigos. Cante. De preferência, cante junto com a música que você está ouvindo – uma pesquisa descobriu que isso não apenas reduz a dor como melhora o humor.

5 – Abraçar pessoas

Distribuir abraços é uma forma de, além de demonstrar afeto, diminuir os níveis do hormônio cortisol, conhecido por nos deixar estressados. Melhor ainda se o abraço for longo e durar pelo menos 20 segundos – aí, é claro, ele precisa ser dado em alguém com quem você tenha intimidade, de modo que nem você nem a pessoa abraçada se sintam desconfortáveis.

6 – Massagear a área ao redor da dor

Isso faz com que o cérebro “preste mais atenção” na área que está com dor e, dessa forma, reduza o foco na dor em si. Essa tática funciona especialmente bem em dores provocadas por batidas, como quando você chuta o pé da cama sem querer.

7 – Dançar

Além de uma excelente atividade física, dançar libera endorfinas, que são substâncias capazes de reduzir a nossa dor e, de quebra, nos proporcionar uma sensação de bem-estar. Se puder, dance com outra pessoa, que aí o efeito é ainda melhor, pela questão do vínculo social e afetivo.

8 – Fazer sexo

Fazer sexo também ajuda o corpo a liberar endorfinas, e quando estamos falando das endorfinas liberadas entre os lençóis, já se sabe que elas são ótimas para aliviar as dores provocadas por enxaquecas. Se você não tem com quem fazer sexo, não se preocupe: a masturbação, que é mais do que saudável, tem o mesmo efeito.

9 – Assistir a um filme de comédia

Uma pesquisa realizada ainda na década de 1980 descobriu que ver filmes de comédia, além de ser algo divertido, é também um ótimo exercício para quem está com dor. Isso acontece porque rir nos deixa de bom humor, e o bom humor, por sua vez, nos faz sentir menos dor. Estudos realizados mais recentemente já comprovaram essa mesma teoria.

***

Logicamente, nenhuma dessas dicas substitui uma boa consulta médica. Se você sente dor há algum tempo, procure o seu médico e siga as recomendações dele.

*Publicado em 03/12/2015

***

Você sabia que o Mega Curioso também está no Instagram? Clique aqui para nos seguir e ficar por dentro de curiosidades exclusivas!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.