Parasita é capaz de fazer com que ratos não sintam mais medo de gatos
80
Compartilhamentos

Parasita é capaz de fazer com que ratos não sintam mais medo de gatos

Último Vídeo

Uma das coisas mais normais desse mundo é que ratos tenham medo de gatos e que gatos não sejam os melhores amigos de cachorros – e por aí vai. Uma pesquisa recente parece ter descoberto uma maneira bem curiosa de fazer com que os ratos deixem de se sentir intimidados por gatos.

O parasita Toxoplasma gondii, responsável pela doença conhecida como toxoplasmose, parece ter efeito repelente de medo em ratos. Ao que tudo indica, o protozoário causa essa alteração nos animais após infectá-los, algumas vezes por meio da produção de cistos cerebrais.

O estudo, que foi publicado há alguns dias no jornal Plos One, sugeriu também que alguns casos apresentaram os mesmos efeitos sem a necessidade de infecção ou de formação de cistos. A pesquisa relatou, ainda, que mudanças ocorreram com formas enfraquecidas de variantes desse protozoário, encontrados na América do Norte.

Utilidade

Fonte da imagem: Reprodução/Funpedia

Wendy Ingram, responsável pelo estudo, disse, em declaração publicada no portal Live Science, que mesmo quando a infecção é completamente eliminada, as mudanças comportamentais persistem. De acordo com Ingram, esses estudos podem ser muito uteis à área médica que trabalha com infectologia.

Ingram ainda não tem certeza como uma infecção curta e não muito invasiva pode causar mudanças comportamentais permanentes, mas a cientista acredita que o parasita pode romper a região cerebral responsável pelo reconhecimento de cheiros, evitando que os ratos detectem o odor dos gatos e ativem os centros responsáveis pelo medo. Outra possibilidade é a de que o parasita consiga mudar inteiramente algumas células responsáveis pela memória e pelo aprendizado, diretamente no cérebro do rato.

Tática?

Fonte da imagem: Reprodução/Intermedia

O Toxoplasma gondii é encontrado no mundo todo e tem a capacidade de infectar diferentes espécies, incluindo mamíferos e humanos. O protozoário, contudo, só se reproduz dentro dos corpos de gatos e em ratos.

Depois da infecção, além da ausência do medo, os ratos também demonstraram estar sexualmente atraídos pelo cheiro da urina de gatos, fazendo com que os bichanos sintam mais vontade de atacar esses ratinhos e, uma vez que eles – os ratos – estariam infectados, ao serem comidos por gatos, os ovos dos protozoários encontrariam seu lugar favorito para se desenvolver. Coincidência ou tática de sobrevivência?

Esse parasita é frequentemente encontrado em cérebros de humanos, sendo que estatísticas apontam a presença em uma a cada três pessoas. A infecção por Toxoplasma gondii está relacionada também com vários casos de suicídio.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.