Bebidas alcóolicas misturadas com refrigerante diet embriagam mais
05
Compartilhamentos

Bebidas alcóolicas misturadas com refrigerante diet embriagam mais

Último Vídeo

De acordo com o site The Atlantic, se você é daqueles que só consomem refrigerantes sem açúcar na hora de fazer as suas misturinhas alcóolicas, é melhor começar a escolher a opção normal caso você não queira ficar mais bêbado do que gostaria.

Segundo a publicação, pesquisadores da Universidade do Texas realizaram um estudo no qual observaram que o açúcar presente nas versões normais de refrigerante — os que não são diet, zero, light etc. — parece diminuir o ritmo de absorção do álcool pelo organismo.

Happy hour científico

A ideia para o estudo surgiu após um levantamento no qual os pesquisadores realizaram o teste do bafômetro em pessoas que saíam de um bar. Depois de avaliar o tipo de bebida consumida e o nível de embriaguez de cada um, os resultados apontaram que os indivíduos que haviam consumido coquetéis feitos com refrigerante sem açúcar também foram os que apresentaram a maior concentração de álcool no sangue — um número significativamente maior.

Fonte da imagem: shutterstock

Intrigados, os pesquisadores resolveram organizar um “happy hour” científico, servindo a 16 participantes uma mistura de vodca com refrigerante normal, com a versão sem açúcar e um placebo, que consistia em refrigerante comum com um pouquinho de vodca só para dar um cheirinho de álcool.

Calorias vazias

Os resultados apontaram que os participantes que consumiram bebidas misturadas com refrigerantes adoçados artificialmente apresentaram níveis de embriaguez até 18% mais altos do que os demais, com efeitos que se mantiveram presentes durante três horas após o consumo. Conforme explicaram os pesquisadores, isso se deve à forma como o estômago lida com os dois tipos de refrigerante.

Apesar das calorias presentes nos refrigerantes normais não ofereceram qualquer valor nutricional, o estômago parece tratar esses refrescos como se fossem alimentos, diminuindo o ritmo de absorção do álcool. Contudo, o mesmo não acontece com os refrigerantes sem açúcar — considerados versões mais saudáveis do que a convencional —, que não têm calorias e, portanto, passam praticamente direto pelo estômago.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.