Josephine Myrtle Corbin: conheça a história da mulher com quatro pernas
910
Compartilhamentos

Josephine Myrtle Corbin: conheça a história da mulher com quatro pernas

Último Vídeo

Se a vida já não fosse complicada o suficiente como ela é, imagine só os problemas que você enfrentaria se tivesse nascido com o mesmo problema da moça da foto acima. O nome dela é Josephene Myrtle Corbin, e se tornou famosa por ter nascido com uma anomalia rara conhecida como síndrome da duplicação caudal, devido à qual a moça contava com quatro pernas.

A síndrome da duplicação caudal ocorre quando, em algum momento do desenvolvimento de uma gravidez de gêmeos, os óvulos fecundados não se separaram completamente e acabam crescendo unidos a partir de uma fase específica da gestação. Assim, não se trata de um caso de gêmeo parasita, mas de um bebê dípigo, ou seja, com o corpo totalmente duplicado da cintura para baixo.

Aberração rentável

Fonte da imagem: Reprodução/Sideshow World

Josephine nasceu em 1868 no condado de Lincoln no Tennessee, EUA, e da cintura para baixo contava com tudo em dobro, como duas pélvis, dois aparelhos reprodutores e excretores completos e independentes, além de dois pares de pernas, compostos por duas de tamanho normal e outras duas menores. Apesar de tantos membros e de todos serem móveis e ativos, apenas uma das pernas de Josephine era completamente funcional.

A pobre moça logo se transformou em celebridade, viajando por todo o país para se apresentar em feiras e espetáculos como uma aberração. No entanto, aos 14 anos de idade Josephine conseguiu um contrato para ganhar US$ 250 por semana — uma quantia equivalente a cerca de R$ 550, algo extraordinário para a época — para trabalhar em um circo.

Após alguns anos, Josephine se cansou das apresentações e acabou se aposentando, casando-se depois de algum tempo com um o médico Clinton Bicknell, com quem ela teve vários filhos. Com os filhos já crescidos, a “Mulher com Quatro Pernas” voltou a se apresentar em Nova York, recebendo um salário de US$ 450 semanais (ou quase R$ 1 mil), e faleceu em 1928, aos 60 anos de idade.

*Publicado originalmente em 28/06/2013.

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.