Como os pássaros sabem para onde migrar?
01
Compartilhamento

Como os pássaros sabem para onde migrar?

Último Vídeo

Algumas espécies de pássaros migram anualmente, com o objetivo de buscar alimento em regiões onde a temperatura é mais alta durante o inverno. Mas como eles sabem a direção correta para a qual devem migrar?

Essa questão sempre foi um mistério para os biólogos, mas agora, com a descoberta de uma proteína específica presente nos olhos das aves, a dúvida de como se orientam parece ter sido resolvida. Cientistas de duas universidades decidiram pesquisar sobre essa propriedade de orientação. Uma equipe da Universidade de Lund, na Suécia, estudou mandarins (Taeniopygia guttata), e outra equipe, da Universidade de Oldenburgo, na Alemanha, estudou o pisco-de-peito-ruivo (Erithacus rubecula).

Pisco-de-peito-ruivo mandarimPisco-de-peito-ruivo e mandarim

O GPS animal

A proteína encontrada se chama Cry4 e pertence a uma classe chamada de criptocromos, caracterizados pela sensitividade à luz azul. Ela é encontrada em plantas e animais, além de ter um importante papel na regulação do ciclo circadiano.

Através dela, os pássaros conseguiriam “enxergar” os polos magnéticos terrestres, num fenômeno conhecido como magnetorrecepção. Estudos existentes mostraram que essa capacidade só fica disponível na presença de certos comprimentos de onda de luz azul.

Foram analisados vários criptocromos e sua relação com o ciclo circadiano. Entre todos os considerados, o Cry4 foi o que se manteve estável durante todo o dia, colaborando para a hipótese de que é o principal atuante na orientação das aves.

A proteína se concentrou nas regiões do olho que recebem mais luz, e durante o período migratório elas aumentaram de quantidade proporcionalmente. Apesar de todos os indícios, estudos ainda são necessários para confirmar a influência direta do Cry4 no processo migratório de aves.

Como seria a visão de um pássaro migrando?

Essa é uma questão difícil de responder, pois nunca teremos certeza dos resultados. Mas considerando o conhecimento adquirido até agora, foi feita uma simulação que nos rendeu pelo menos uma ideia do padrão de imagem que esses pássaros enxergam.

2

De acordo com pesquisadores do Grupo de Biofísica Teórica e Computacional, da Universidade de Illinois, os criptocromos criariam um “filtro” de campo magnético na visão dos pássaros, como na imagem acima. Esse assunto já foi abordado nessa instituição em 1978, pelo pesquisador Klaus Schulten, que previu a existência de criptocromos magnetorreceptivos.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.