Cordilheira dos Andes: a fascinante mais longa cadeia de montanhas do mundo
12
Compartilhamentos

Cordilheira dos Andes: a fascinante mais longa cadeia de montanhas do mundo

Último Vídeo

Crista alta, da palavra Quechua "anti" ou Anti Suyu, uma das regiões habitadas pelos incas. Não há um consenso sobre a origem do nome, mas é certo que a Cordilheira dos Andes é uma das grandes maravilhas da natureza. Localizada na América do Sul, se estende por mais de 7,2 mil quilômetros e passa por sete países: Chile, Argentina, Bolívia, Peru, Equador, Colômbia e Venezuela.

De largura, são 500 quilômetros em boa parte da cadeia, que conta com montes com alturas médias de 3,9 mil metros, liderados pelo monte Aconcágua, na Argentina, que tem seu cume a 6,9 mil metros de altura acima do nível do mar.

É na Cordilheira dos Andes que fica também o vulcão mais alto do mundo, o Ojos del Salado, localizado entre o Chile e a Argenftina. São quase 7 mil metros acima do nível do mar nesse vulcão, mas há outros 50 ao longo da cordilheira, todos com cerca de 6 mil metros de altura.

Ela é a casa também de lugares como Machu Picchu, próximo a Cuzco, no Peru, e das cidades Quito e Baños, no Equador, La Paz, na Bolívia, Medellin e Bogotá, na Colômbia, e Pucón e Puerto Natales, no Chile, entre tantas outras importantes cidades da América do Sul.

Essas regiões também 99% dos glaciares tropicais, ou seja, rios de gelo localizados regiões elevadas que não sofrem a ação tão intensa do calor característico dos trópicos.

Também fazem parte da incrível paisagem da Cordilheira dos Andes as fofíssimas Chinchilas! Esse roedor é um mamífero que concentra as qualidades necessárias para sobreviver na cadeia de montanhas: são ágeis, conseguem saltar e escavar e têm uma pele grossa para sobreviver ao frio.

Mas eles não são os únicos. Alpacas, lhamas, vicunhas e condores alpinos também fazem parte da fauna local e ajudam a tornar as paisagens ainda mais belas.

Com relação a plantas, são mais de 30 mil espécies somente na Cordilheira, muitas delas extremamente valiosas — como é o caso da Cinchona pubescens, que produz a quinina, empregada no tratamento da malária.

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.