Bizarrice do dia: você já viu um pepino-do-mar fazendo o “número 2”?
78
Compartilhamentos

Bizarrice do dia: você já viu um pepino-do-mar fazendo o “número 2”?

Último Vídeo

Os pepinos-do-mar são criaturas marinhas (obviamente, mas é que eles são exclusivamente marinhos) invertebradas das quais existem por volta de 1,2 mil espécies diferentes. Esses animais parecem vermes supercrescidos — ou pepinões esquisitos — e podem ser encontrados tanto em regiões mais rasas, como nas profundas, mas sempre próximo ou no leito oceânico, de preferência com seus corpos parcialmente enterrados na areia.

Essas curiosas criaturas se alimentam de pequenas partículas em suspensão no mar, como animais diminutos, pequenas algas e matéria orgânica que estejam presentes na água — e usam uma porção de tentáculos que ficam ao redor de suas bocas para capturar suas refeições. No entanto, sabe como são as coisas... Tudo que entra deve sair, e o (indiscreto) vídeo que você pode assistir a seguir mostra como esse processo se dá com os pepinos-do-mar. Confira:

“Número 2”

De acordo com Mindy Weisberger, do site Live Science, o vídeo que você acabou de ver acima foi capturado em algum lugar do litoral do Japão e foca especialmente no traseiro do animal. Segundo um especialista que assistiu à cena, o pepino-do-mar pertence à espécie Thelenota anax, bastante comum nos oceanos Índico e Pacífico, cujos exemplares podem chegar a medir até 60 centímetros de comprimento.

Ainda segundo o pesquisador — Christopher Mah, do Instituto Smithsonian, em Washington —, basicamente, o sistema digestivo dos pepinos-do-mar consiste de uma abertura pela qual eles capturam a comida (boca) e uma pela qual eles expelem os dejetos (ânus), mas pode acontecer de as partículas serem absorvidas por qualquer das duas extremidades. Isso significa que, apesar de os animais contarem com esses dois orifícios, ambos podem ser usados tanto para comer como para defecar.

Pepino do marEita... (YouTube/SouthernIslanderDive)

No caso do animal do pepino-do-mar do vídeo, quando vemos o ânus se abrir e fechar algumas vezes antes de ele liberar o descomunal cocô (considerando as dimensões corporais do animal!), o cientista explicou que, pode ser que a musculatura estivesse se contraindo antes da defecação, mas existe a possibilidade que o bicho estivesse se alimentando pelo traseiro antes de liberar a “carga”. Pois é... Um pouco deselegante, em nossa opinião.

Seja como for, se você assistiu ao vídeo, deve ter notado que as fezes se parecem com um cocozão feito de areia. E é meio por aí mesmo. Como os pepinos-do-mar se alimentam de partículas em suspensão na água, eles acabam engolindo areia e, uma vez seus organismos absorverem os nutrientes de que precisam, o que não é “comestível” e não é mais necessário é eliminado. Aliás, se você ficou com nojinho do que viu, saiba que existem organismos que se alimentam do que essas criaturas devolvem ao oceano. E mais: os pepinos-do-mar são considerados como iguarias em várias partes da Ásia. 

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.