SpaceX promete teste tripulado de voo comercial da NASA para abril de 2019

SpaceX promete teste tripulado de voo comercial da NASA para abril de 2019

Último Vídeo

NASA anunciou recentemente os nomes dos integrantes das equipes que farão os primeiros testes tripulados das novas cápsulas espaciais da SpaceX e da Boeing. As estruturas devem ser exploradas no lançamento de voos comerciais até a Estação Espacial Internacional (ISS, em inglês), no Commercial Crew Program. Depois de algum atraso, a companhia espacial de Elon Musk agora anuncia os voos experimentais com astronautas para abril de 2019.

Previsão é mais otimista que a estimativa mais recente do governo estadunidense

A SpaceX e a Boeing têm trabalhado para a certificação de suas espaçonaves há anos. A Boeing sofreu recentemente um revés com sua cápsula CST-100 Starliner, após os motores de hidrazina da cápsula terem vazado no teste de queima. A empresa diz que corrigiu o problema, mas vai precisar de análises adicionais — e isso causou, digamos, um prolongamento no cronograma.

Já as avaliações com a Dragon 2, da SpaceX, foram melhores. O CEO Elon Musk e a COO Gwynne Shotwell garantiram que o calendário continua sendo cumprido à risca e um voo não tripulado para a ISS está programado para novembro deste ano, assim como o tripulado está confirmado para abril de 2019.

spacex

Essa informação na verdade vai contra a previsão mais recente do governo estadunidense. O Government Accountability Office (GAO) divulgou em julho, uma análise sem esperanças de voos tripulados da Boeing ou da SpaceX em 2019. A estimativa era de que tanto o Dragon 2 quanto o CST-100 Starliner estivessem prontos somente em agosto de 2020.

NASA quer acelerar voos porque pode ficar sem acesso à ISS em 2019

De qualquer forma, a notícia vem em boa hora para a NASA, que não vê a hora de poder utilizar o Commercial Crew Program. Desde o final do programa Space Shuttle, em 8 de julho de 2011, os norte-americanos dependem de assentos comprados nas naves russas impulsionadas pelos foguetes Soyuz — o que custa US$ 80 milhões por viagem até a ISS.

A última passagem comprada pela NASA nos veículos Soyuz está agendada para o final de 2019 e ela aposta nos projetos da SpaceX e da Boeing para continuar com seus planos de exploração espacial nos próximos anos. Atrasos para além da próxima temporada poderia significar um tempo precioso para os calendário da agência espacial norte-americana.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.