Médicos engolem peças de LEGO e fazem pesquisas com o próprio cocô
47
Compartilhamentos

Médicos engolem peças de LEGO e fazem pesquisas com o próprio cocô

Último Vídeo

Peças pequenas costumam ser o terror para pais e um perigo para crianças, que adoram colocar todo tipo de objetos que encontram pelo caminho na boca. Com as coloridas peças de LEGO, não é diferente: no meio da brincadeira, alguns pequenos acabam engolindo um dos blocos de plástico. Supondo que a ingestão do objeto não causasse nenhum tipo de bloqueio da traqueia, em quanto tempo ele seria eliminado do corpo?

Cientistas resolveram descobrir isso na prática. Andrew Tagg, pesquisador da Universidade de Melbourne, e outros cinco pediatras destemidos decidiram engolir uma peça de LEGO — mais especificamente a unidade em forma de cabeça — para saber em quanto tempo ela sairia nas fezes.

Após algumas idas ao banheiro, em que analisaram cada cocô procurando pelos rostos amarelos, eles relataram que o tempo médio de evacuação da peça foi de dois a três dias — exceto por um pediatra azarado que não encontrou o objeto perdido mesmo após duas semanas de busca. Tudo pela ciência, não é mesmo?

O estudo concluiu que engolir a peça de LEGO não representa um risco tão grande, pelo menos para adultos saudáveis. “Se você conseguir engolir isso e não tossir, não engasgar e não tiver sintomatologia em curso, é muito improvável que isso cause algum mal”, disse Damian Roland, um dos pediatras que participou do estudo, em entrevista para a BBC.

Entretanto, Tagg alerta: "Embora a maioria dos itens que as crianças engolem passe pela garganta, alguns podem ser perigosos, e os pais devem permanecer vigilantes". Os resultados da pesquisa foram publicados na revista médica Journal of Paediatrics and Child Health.

Se você ainda não está acreditando que os médicos realmente engoliram as peças, confira o vídeo e veja com seus próprios olhos:

Nunca é demais alertar: por favor, não tente fazer isso em casa!

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.