Por que cachorros vivem se escondendo embaixo da cama?

Por que cachorros vivem se escondendo embaixo da cama?

Equipe MegaCurioso
Último Vídeo

Ter um cachorro dentro de casa é sinônimo de alegria e de bagunça, com o bichinho fazendo questão de acordar você todas as manhãs, de sentar em cima da sua cabeça enquanto você dorme, de eleger suas meias como brinquedo favorito e por aí vai. Outro comportamento típico desses animais é o de se esconder embaixo da cama, coisa que eles fazem com frequência, você já deve ter reparado.

A questão é: Por que será que os cães fazem isso? Como acontece com quase todos os comportamentos caninos, aqui a resposta é bem direta e lógica, e felizmente esse comportamento costuma ser normal e inofensivo. Cachorros se escondem embaixo da cama ou em lugares escuros basicamente porque esses cantinhos são considerados confortáveis e bons para tirar uma bela soneca.

Nesses lugares os cães se sentem mais seguros e conseguem relaxar com maior facilidade – além disso, os cães curtem a temperatura que faz nesses ambientes, então não se trata de um esconderijo propriamente dito, mas de um ambiente confortável.

Se você não quer que o seu cachorro fique embaixo da cama por alguma razão, o ideal é criar um ambiente que seja bastante confortável para o seu cão, como um caixote escuro, equipado com uma cama macia.

Outros casos

cão

Em alguns casos isolados, seu cachorro pode ficar embaixo da cama como resposta a algum episódio de ansiedade ou a alguma doença. Quando estão com dor, os cachorros podem ir para baixo da cama para esperarem que a dor passe, e quando estão estressados, quando tem muita gente em casa, por exemplo, correr para baixo da cama é uma maneira de se acalmarem e se sentirem seguros.

Se o seu cão fica ansioso quando chove, você pode tentar condicioná-lo a responder de forma positiva a essas situações. Uma dica publicada no Mental Floss, e que foi dada por veterinários da Universidade da Califórnia, recomenda treinar os cachorros com sons de chuva.

“Começando com o volume mínimo, dê ao seu cão elogios e guloseimas quando ele não responder negativamente ao som. Aumentar gradualmente o volume e continuar a reforçar seu comportamento positivamente acabará condicionando-o de tal forma que ruídos assustadores não mais produzirão um efeito negativo. Manter as sessões de treinamento em cerca de cinco minutos por dia e duas ou três vezes por dia evita sobrecarregar seu filhote”.

Além de tentar essa técnica, caso o problema seja relacionado a estresse em decorrência de barulhos como os da chuva, você precisa manter atenção na forma como seu cachorro se comporta, e se achar que ele está agindo de maneira estranha ou diferente do comum, procure um veterinário.

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.