Saiba por que os castores gigantes não sobreviveram à Era Glacial

Saiba por que os castores gigantes não sobreviveram à Era Glacial

Último Vídeo

Antes e durante a Era Glacial, na América do Norte, havia uma megafauna de animais intimidantes, que ia desde mastodontes e mamutes até o urso-de-cara-achatada, lobos gigantes e, bom, o castor gigante.

Nesta época, o castor gigante tinha três vezes o tamanho de um castor atual, além de pesar cerca de 100 kg e ter até 2.5 m de altura! Imagina o estrago que suas presas incisivas de 15 cm não poderiam fazer nas florestas atuais, para construir barragens?!

Foto: Caveira de um castor gigante. Western University

Os castores americanos atuais, como os conhecemos, pesam cerca de 30 kg e tem 90 cm, sendo os maiores roedores na América. Eles são herbívoros e possuem enormes dentes incisivos, que nunca param de crescer, utilizados para carregar árvores e construir barragens.

Entretanto, não foi encontrada nenhuma evidência de que os Castores Gigantes pré-Era Glacial faziam o mesmo trabalho que nossos castores e, talvez, essa seja a razão da sua extinção.

Foto: Western University

Os castores gigantes que foram extintos há cerca de 10 mil anos eram majoritariamente herbívoros, que viviam submersos, comendo plantas aquáticas, não madeira, descobriram os pesquisadores da Western University. Isso quer dizer que eles eram altamente dependentes de um ambiente úmido tanto para comida, como para abrigo.

“Nós não encontramos nenhuma evidência de que os castores gigantes cortavam árvores ou as comiam”, disse a co-autora Tessa Plint. “Os castores gigantes não eram engenheiros do meio-ambiente, mas os castores de hoje, sim”.

Foto: Comparação de tamanhos. Western University

“A habilidade de construir abrigos na verdade deu uma grande vantagem de sobrevivência aos castores sobre os castores gigantes”, afirmou Fred Longstaffe, co-autor do estudo.

Essa é mais uma peça no quebra-cabeça que é o motivo da extinção em massa dos animais no fim da Era Glacial.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.